Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Alexandre Baldy

Nova geração de desenvolvimento

Inovações têm permitido saltos de qualidade | 06.09.12 - 19:00
Goiás está definitivamente se integrando à economia global graças a consistente política industrial do governo, liderada pela Secretaria de Estado da Indústria e Comércio (SIC). Em praticamente dois anos de administração do governador Marconi Perillo, as inovações no setor têm permitido saltos quantitativos e de qualidade. O melhor indicador das iniciativas pode ser exemplificado nos R$ 10 bilhões de investimentos alcançados no ano passado, com perspectiva de superação desta cifra em 2012.

Nesta semana, a SIC inaugurou uma nova geração de desenvolvimento do Estado ao lançar os Complexos Industriais Integrados. Serão nove polos de fomento da economia que darão novo perfil de competitividade ao produto goiano, tendo por escopo a geração de riqueza de acordo com as vocações regionais e o aproveitamento das vantagens dos espaços econômicos determinados para o crescimento harmônico do Estado.

A ideia do Complexo Industrial Integrado enseja em mecanismo formidável de planejamento e gestão do desenvolvimento que implica em custo zero para o governo e amplo benefício para a sociedade. Em linhas gerais, o conceito abrange um conjunto de empresas situadas em determinado espaço geográfico, interligadas por interesses produtivos, comerciais, tecnológicos e de investimentos, tendo com base o aproveitamento da infraestrutura logística disponível. Neste ambiente estarão integradas empresas de todos os portes e de variados ramos de atividades de forma a completar a cadeia produtiva consoante a vocação de cada polo de industrialização.

Trata-se de uma iniciativa bastante difundida em vários países, inclusive no Brasil. O comprovado êxito dos Complexos Industriais Integrados traz reflexos altamente positivos na melhoria da renda, na geração do emprego de qualidade e na elevação do nível educacional de fundo da sociedade em que se insere, bem como em profunda transformação do perfil da infraestrutura instalada. A interação da cadeia produtiva gera condições favoráveis ao ambiente de negócios e potencializa as vantagens locais de forma a permitir a expansão dos núcleos empresariais existentes e a atração de novos investimentos, imprescindíveis à sustentação do nosso inovador modelo industrial.

Outra vantagem fundamental dos Complexos Industriais Integrados é permitir o esforço coordenado de vários subsistemas produtivos tendo em vista a absorção de tecnologia e a inovação comum, o que significa maior agregação de valor ao produto local com menos custo e tempo de maturação dos investimentos. A instalação dos Complexos Industriais Integrados, contemplado no PAI, o Plano de Ação Integrada de Desenvolvimento, conta com a participação de todos os setores do governo Marconi Perillo de forma inteligente e desburocratizada, com a finalidade de facilitar o empreendedorismo e fomentar a economia a partir de mecanismos sustentáveis de desenvolvimento. Menor custo, mais agilidade na produção, maior amplitude de mercados consumidores, emprego e renda para a sociedade são os resultados dos Complexos Industriais Integrados que vieram para ficar e fazer o futuro próximo de Goiás.

Alexandre Baldy é empresário, presidente do Consedic e secretário de Estado de Indústria e do Comércio de Goiás

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351