Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Leonardo Santos

Lollapalooza

Festival – aproveite enquanto é jovem! | 02.04.13 - 16:57
Tenho 32 anos. Já fui a inúmeros festivais de rock e música eletrônica. Assisti todas as edições do SWU, Rock in Rio e os dois Lollapaloozas. Além de diversos festivais de logística e acesso complicados como Tranceformation e Universo Paralelo. Sempre com muita determinação, correndo de um lado para o outro entre palcos e pista eletrônica, tentando ver o máximo de apresentações possíveis; muita das vezes à base de energéticos, isotônicos e barras de proteína para nem perder tempo na praça de alimentação.

Ainda sou novo e tenho muita energia. Existem pessoas bem mais velhas que possuem muito mais energia e resistência que eu, e sequer ligam para as coisas que vou apontar aqui. Mas se você é bastante jovem e gosta de música, vou tentar listar alguns motivos pelos quais você precisa se esforçar para ir em festivais o quanto mais jovem você for:
 
FISICAMENTE: São muito desgastantes. Chegamos a passar mais de 6 horas em filas no primeiro dia, entre check-ins, retirada de ingressos, banheiros e entrada. Seus joelhos incham, a planta do pé dói e você sente costas e membros inferiores como nunca sentiu nem na mais longínqua trilha de bicicleta. Quanto mais velho mais difícil. Mas é recompensador. Cada nota do solo da guitarra do seu artista preferido compensa.
 
PSICOLOGICAMENTE: Nada supera as primeiras vezes num festival. Toda aquela estrutura, aquelas pessoas estilosas e tantas bandas interessantes. Com o tempo você vai acostumando e apesar de ainda continuar interessante, perde o sabor de novidade. Vi turmas de jovens no aeroporto para ir ao festival, tão felizes tirando fotos e senti uma certa ponta de inveja. Aquele brilho no olhar eu não tenho mais. Sou muito mais técnico em minhas observações. Praticamente um antropólogo em campo. Quase não converso pois estou muito ocupado em meu ambiente de estudo. Aquele brilho no olhar deu lugar para investigações mais sérias.
 
INSPIRAÇÃO E REFERÊNCIAS: Nada faz tão bem para um aspirante a músico ou artista como se inspirar. A emoção é o alimento de sua jornada por expressão. Quanto mais sentimentos musicais experimentar, maior seu repertório de possibilidades. Ir a um festival é entrar em contato com diversas tendências nacionais e internacionais, com diversas técnicas e tecnologias musicais das quais sequer suspeitávamos. Ir a um festival “abre” a sua cabeça musicalmente e te coloca em contato com outros tantos amantes da música em seu país e de outros continentes.

Comecei muito jovem. Me lembro de ir a um show do Metallica pela Maivan que paguei com 12 suados chequinhos. Ainda fazia faculdade e fui sozinho. Festival é coisa para todas as idades. Nessa edição do Lollapalooza vi de crianças a idosos, passando pelo Madeon - uma das atrações principais da pista eletrônica que tem apenas 18 anos.

Mas se você gosta de música e de viver experiências, não adie um festival. Eu sei que a logística, os valores e todos os problemas a serem resolvidos são empecilhos, mas se você gosta mesmo de música, comece o quanto antes. Você nunca sabe quanto tempo seus joelhos vão aguentar, o dólar vai continuar estável ou seu artista preferido estará em turnê. Você nunca sabe o quanto você e sua vida podem mudar, quanto antes você for atrás de assistir àquilo que ama.
 
Leonardo Santos é Dj, Produtor Musical, Redator, Diretor e Professor Universitário.

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
  • 09.04.2013 13:28 Sabrina Lemes

    Muito legal. Vejo um turbilhão de sentimentos em cada palavra dita. Você está a anos luz de intensidade emocional na frente de muitas pessoas que falam de amor todos os dias.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351