Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Lavínia Sousa

As telas mágicas

A realidade nos deseja | 31.10.13 - 10:23

Goiânia - Os olhos veem, os ouvidos atentamente ouvem, as bocas calam-se e as mentes somente reproduzem. Assim se fazem consciências inconscientes, que tratam a si mesmos como personagens fantásticos e esquecem que são a realidade. Através das telas digitais, os imitadores da arte estagnam o pensamento dos telespectadores, que ignoram os fatos e tentam seguir os padrões de felicidade empregados pelo circo elitista chamado Propaganda e Fantasia.

Que diferença há entre aqueles homens de "A caverna", do mito de Platão, para nós hoje? Apenas o século! Em pleno ano 2013 somos capazes de conseguir viver somente no nosso mundo, somente no mundo da ilusão, enjaulados no mundo da televisão e esquecemo-nos do quanto tudo é intenso e inovador lá fora, do quanto a realidade nos deseja. 

 O consumismo é alimentado pelas palavras mágicas que saem dessa tecnologia e levam nossos jovens a serem como ela: um aparelho reprodutor que ligamos e desligamos quando queremos. Vemos prédios, nessas grandes avenidas, construídas de puro egoísmo, comodismo e alienação; veículos circulando com pessoas os controlando, mas que não querem chegar ao seu destino programado; percebemos a maior tecnologia de todos os tempos: robores humanos. 

 O que se veste, o que se come, os lugares que frequentam, o presidente que é eleito, o que se pensa, o que considera “Certo ou Errado”... Tudo está sujeito à opinião da mídia, afinal reflexão é raridade, ignorância é abundância e verdade é o avesso. O que importa é que somos felizes: “Deus é Brasileiro”. 

 Fugir da realidade não é preciso, mas seria prudente, senhores, tomar o posto de pensantes, provar que realmente merecemos ter dominado o planeta no processo de evolução das espécies e deixar de agir como dementes.

Lavínia Sousa é estudante  


Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
  • 11.11.2013 15:57 ALMANDO MENZES GUIMARAES

    Muito bom o seu texto, retrata muito bem como vive grande parte da população. Acredito que quem pena diferente do resto, tem muita dificuldade em se encaixar ...

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351