Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Adriano Paranaiba

O que faria se fosse presidente?

Evento discute desafios do Brasil | 06.11.13 - 10:49

Goiânia - Existem algumas perguntas que mexem com o brasileiro: “O que você faria se fosse o técnico da Seleção?” ou “O que você faria se ganhasse a Mega Sena?” A verdade é que, por mais que tenhamos algumas respostas na ponta da língua, todo mundo já se pegou refletindo sem ter, de fato, uma decisão clara da resposta.

E se pudéssemos partir para uma pergunta não tão cobiçada mas que frequentemente se escuta, seja no barzinho no fim de tarde, no barbeiro, e mais repercutida ainda nas filas de repartições públicas: “O que você faria se fosse Presidente?”.

Entre reclamações, todo mundo tem a resposta na ponta da língua: fazer do Brasil um país melhor! Até aí tudo bem. Mas, e se fosse para ser Presidente por um dia, um dia apenas? (não vale dar um golpe e se manter no poder por tempo indeterminado). A resposta não virá tão rápido assim – uma reflexão tão grande quanto fazer a escalação da seleção dos sonhos para a Copa do Mundo em um dia, ou melhor, como você gastaria o dinheiro da Mega Sena se tivesse apenas um dia para fazê-lo?...

Pois bem, está acontecendo uma grande caravana Brasil a fora em busca de respostas para os grandes desafios que se colocam sobre o futuro do nosso país, em seus aspectos econômicos, políticos, culturais e sociais, com uma visão diferente da comumente apresentada. Para tanto, reuniu-se um time de intelectuais e acadêmicos de destaque no contexto brasileiro e internacional, para, ao longo dos meses de Outubro e Novembro de 2013, promoverem o evento “LIBERDADE NA ESTRADA”, que está na sua 5ª Edição.

São mais de 22 eventos em 14 estados brasileiros tendo por mote a pergunta “O que você faria se fosse Presidente por um dia?”. E, pela primeira vez, Goiás entra na rota do “LIBERDADE NA ESTRADA”. Na verdade, Goiás será a última cidade desta maratona, que teve início no dia 07 de outubro, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Será uma grande oportunidade para pessoas que pretendem discutir uma agenda política com seriedade, sem politicagem, sem promessas de campanhas. A ideia é buscar uma ordem econômica eficiente e uma filosofia política moral inovadora, que é justamente o que tanto se espera para que o Brasil possa ser o país que nós tanto queremos: um Brasil melhor!

Adriano Paranaiba é economista

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351