Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Mara Suassuna

Outubro Rosa: venha para essa causa pink

| 08.10.14 - 14:34

Goiânia - O mês de outubro é um mês de muitas datas importantes:dia do professor, médico, criança, poeta, funcionário público, aviador e tantas outras. É o mês que chegam as chuvas para molhar os campos. É um mês de renascimento e, o melhor de tudo, é o mês do movimento popular conhecido internacionalmente como Outubro Rosa.
 
O rosa é a cor associada ao universo feminino e assim ganha tom e força, estimulando a participação da população, das organizações e das mulheres na luta contra o câncer de mama.
 
O movimento teve início nos Estados Unidos, com ações isoladas. Posteriormente, com a aprovação do Congresso americano, o mês de outubro tornou-se o mês nacional de prevenção ao câncer de mama. Uma ideia americana que ganhou corpo em função da importância da causa. Muitas são as organizações que abraçaram o movimento no Brasil e o Outubro Rosa ganha, cada vez mais, popularidade e engajamento da população.
 
Cidades, empresas e pessoas começam a utilizar um laço, uma fita ou qualquer acessório que remeta à luta contra o câncer de mama. O universo pink assume, assim, uma importante leitura visual, compreendida em qualquer lugar do mundo.
 
Iluminar prédios, avenidas e fachadas torna-se uma possibilidade coletiva de chamar a atenção para a necessidade da prevenção e tratamento da doença. No Brasil, a primeira iniciativa foi a iluminação do Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, em 02 de outubro de 2002. De lá para cá, muitas foram as iniciativas para alertar sobre a causa nobre e incentivar as mulheres ao auto cuidado, prevenção e tratamento.
 
Em outubro de 2008, diversas entidades relacionadas ao câncer de mama iluminaram de rosa monumentos e prédios em suas respectivas cidades. Aos poucos, o Brasil foi ficando pink em diferentes capitais e até o Cristo Redentor ganhou cores da campanha contra a doença.
 
De outubro de 2009 até hoje, multiplicaram-se as ações relativas ao Outubro Rosa em todas as partes do Brasil e novamente as entidades relacionadas ao câncer de mama e empresas se unem para expandir a campanha.
 
O câncer de mama é o tipo de câncer mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos novos casos a cada ano.
 
De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama também é o que mais atinge as mulheres no Brasil. São mais de 57 mil novos casos estimados em 2014 e considera-se que a idade ainda é um dos principais fatores de risco: quatro em cada cinco pacientes têm mais de 50 anos.
 
O diagnóstico precoce da doença é o primeiro e mais importante passo para a cura.No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estágios mais avançados. 
 
A prevenção primária da doença está relacionada ao controle dos fatores de risco reconhecidos e não passíveis de mudança como os fatores hereditários e os associados ao ciclo reprodutivo da mulher. Porém, fatores relacionados ao estilo de vida, como obesidade pós-menopausa, sedentarismo, consumo excessivo de álcool e terapia de reposição hormonal são possíveis de serem modificados.Estima-se que por meio da alimentação, nutrição e atividade física é possível reduzir em até 28% o risco de a mulher desenvolver câncer de mama.Dessa forma muito podemos fazer no que diz respeito à prevenção e tratamento da doença, informando e alertando para a realização do autoexame e busca por hábitos de vida saudáveis.
 
Estou convidando você, seja empresa, instituição ou pessoa, a aderir ao Outubro Rosa,marcando de qualquer forma a sua participação nessa campanha contra o câncer de mama, vamos ficar pink em prol de uma grande causa: a saúde e vida da mulher.
 
*Mara Suassuna é psicóloga, mestre em psicologia e professora do Instituto de Pós-Graduação e Graduação (IPOG).
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351