Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Marconi Perillo

Vapt Vupt, patrimônio dos goianos

| 13.06.16 - 14:13
Goiânia - Decano do Supremo Tribunal Federal, o eminente ministro Celso Antônio Bandeira de Mello certa vez disse, com a experiência de uma larga e indelével carreira jurídica, que “o serviço público é o patrimônio dos que não tem patrimônio”. Investido no cargo de governador de Estado e com a experiência de quatro mandatos por eleição direta, penso exatamente igual ao nobre ministro em relação ao direito que a sociedade tem de ter acesso a serviços públicos gratuitos, baratos e certificados com o selo de qualidade.
 
Foi neste contexto que criamos o programa Vapt Vupt, em outubro 1999, na perspectiva de ofertar, de forma eficiente e concentrada, uma gama variada de serviços públicos, sem abrir mão dos princípios basilares da moderna governança pública, que foram contemplados pela Carta Magna brasileira de 1988: legalidade, moralidade, publicidade e eficiência.
 
Além de aproximar o Estado do cidadão, a rede Vapt Vupt foi concebida na perspectiva de interiorizar as ações de governo e de fortalecer o municipalismo. Hoje, o Vapt Vupt tem 74 unidades – 25 em Goiânia, 48 no interior e 1 móvel. Das 49 unidades fixas, 12 estão em Goiânia e 37 no interior do Estado. Proporcionalmente, Goiás tem uma estrutura de atendimento maior do que a do Estado de São Paulo, com a rede Poupa Tempo.
 
Os números do Vapt Vupt impressionam e revelam que ele é, ao lado da Renda Cidadã e da Bolsa Universitária, o programa social mais capilar e com maior aprovação popular. Nas diversas pesquisas realizadas para aferir o nível de satisfação do cidadão em relação ao Vapt Vupt, os porcentuais ultrapassam sempre os 98% de aprovação.
 
Desde que foi criado, em 1999, o Vapt Vupt já atingiu a incrível marca de 117,3 milhões de atendimentos. Em 2015, foram realizados 12 milhões de atendimentos. O ex-presidente Washington Luis disse, em 25 de agosto de 1928, quando da inauguração da inauguração da rodovia Rio–Petrópolis, a primeira estrada asfaltada do País, que “governar é abrir estradas”. Talvez o sentido literal da expressão não seja o melhor e mais adequado.
 
A compreensão que tenho de “abrir estradas” não é de apenas rasgar o solo e compactá-lo até a sua estabilização, mas acima de tudo abrir uma janela de oportunidades. É nesse contexto que deve ser entendido o programa Vapt Vupt. Não é apenas uma mão na roda para os municípios, acima de tudo é uma pulverização de cidadania pelos quatro cantos do Estado.
 
Enquanto houver sequer um cidadão para ser atendido, uma demanda social para ser resolvida, isso por si só justifica a existência desta que é a estrutura pública menos onerosa e mais eficiente para o exercício da cidadania plena dos goianos. 
 


*Marconi Perillo é governador de Goiás
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351