Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Padre Bruno Costa

A Festa de Pentecostes

| 30.05.17 - 18:01

Goiânia - Pentecostes é uma celebração religiosa, cristã, 50 dias depois do domingo de Páscoa, que comemora a descida do Espírito Santo sobre os apóstolos de Jesus Cristo.
 
Para os cristãos, Pentecostes é uma das datas mais importantes do Calendário Litúrgico, junto à Páscoa e o Natal. No dia de Pentecostes, a Páscoa de Cristo se realiza na efusão do Espírito Santo, que é manifestado, dado e comunicado como Pessoa Divina: de sua plenitude, Cristo, Senhor, derrama sobre nós o Espírito Santo.
 
Essa plenitude do Espírito não devia ser apenas a do Messias; devia ser comunicada a todo o povo. Por várias vezes Cristo prometeu essa efusão do Espírito Santo, promessa que realizou primeiramente no dia da Páscoa, e em seguida, de maneira mais marcante, no dia de Pentecostes.
 
Os discípulos estavam reunidos em Jerusalém. Depois dos acontecimentos da Páscoa, ficaram cheios de medo. Viviam em grupos separados e desligados do mundo. Jesus ressuscitado aparece, reúne e une esses grupos (At 2,1). A partir dessa unidade construída em torno da mesma fé, e com o apoio espiritual de Maria Santíssima, é que o Espírito Santo vem sobre eles (At 1,14). Assim, aquele grupo de homens e mulheres amedrontados adquiriu a consciência de ser uma comunidade, isto é, o corpo místico de Cristo. Todos sentiram que Jesus estava entre eles, mais ainda do que antes, porque, na realidade, Jesus não mais estava com eles, estava neles.
 
Repletos do Espírito Santo, os Apóstolos começam a proclamar “as maravilhas de Deus” (At 2,11), e Pedro começa a declarar que esta efusão do Espírito é o sinal dos tempos messiânicos.
Somos necessitados do Espírito Santo de Deus. Precisamos nos tempos atuais renovar cada vez mais nossa vida de oração e não podemos perder a ESPERANÇA. Como bem sabemos, na palavra de Deus, Fé é a certeza daquilo que ainda se espera, a demonstração de realidades que não se veem. Repletos do Espírito Santo, atualizando a cada dia o Pentecostes em nossa vida, seremos capazes de suportar as adversidades, tribulações e assumir cada vez mais nossa missão. Em 1 Timóteo 1,7 diz: “Deus não nos deu um espírito de covardia, mas de força, de amor e de moderação”.
 
Quero ser como o Monsenhor Jonas Abib, fundador da Comunidade Canção Nova, à qual pertenço, um homem que vive o Pentecostes diariamente e acredita que no poder do Espírito Santo vamos além. Convido você a viver essa linda experiência de Pentecostes para, juntos, cantarmos um cântico novo, uma canção nova.
 
Pela força do Espírito Santo, tudo podemos fazer. Todo aquele que ora e se abre ao Espírito Santo, alcança a vitória. Deus abençoe sempre!
 

* Padre Bruno Costa é missionário da Comunidade Canção Nova e administrador do Santuário Pai das Misericórdias. 
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351