Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

João Camargo Neto

Até Lindemberg tem direito à defesa

É preciso separar advogado e cliente | 18.02.12 - 16:06

Raramente me interesso por notícias acerca de crimes amplamente repercutidos. Eles me cansam facilmente já no início e não me acrescentam, a não ser asco dos autores e pena das vítimas e familiares. Como não posso fazer nada, evito até me informar sobre. A advogada Ana Lúcia Assad, errada do início ao fim, acertou em cheio ao dizer que a imprensa fez do sequestro da jovem Eloá Pimentel um “reality show”.
 
Eu não tenho formação em direito. Sou jornalista. Leia-se generalista. No entanto, meu parco conhecimento me permite ser a favor, e defender que isso é constitucional, portanto legal, do contraditório e da ampla defesa, por mais que o caso em questão seja de comoção e minha formação creia em uma condenação, no mínimo, espiritual. Advogado e cliente não podem ser confundidos em nenhum momento.
 
Conheço criminalistas que são nomes respeitados no tribunal do júri. Sem exceção, ao menos entre os próximos a mim, são pessoas caridosas, educadas, generosas, sensíveis e, só para redundar, do bem. Talvez por isso defendam com tanto afinco, apesar das reações raivosas, o direito ao direito à defesa. Mesmo se meus conhecidos não desfrutassem destes predicados, minha opinião sobre estes profissionais seria a mesma.
 
É claro que, durante esta semana, tive dó de Ana Cristina Pimentel, a mãe de Eloá, com quem me solidarizo. Sem dúvida, nos últimos três anos, a dor maior foi a dela, que perdeu a filha jovem de maneira trágica e, desde então, não conseguiu retornar à casa onde moravam.
 
No entanto, óbvio que em menor grau, também senti pena da advogada Ana Lúcia Assad, que defendeu Lindemberg Alves Fernandes, contra quem a justiça foi feita como tinha de ser e por quem é responsável por distribuí-la. Ela se equivocou em vários momentos, mais errou que acertou, mas a opinião pública não tem o direito de recriminá-la como comumente faz com advogados que atuam nesta área. 
 
A ata do julgamento foi encaminhada ao Ministério Público para que fossem tomadas providências sobre o tom jocoso com que a advogada referiu-se à magistrada. Ela pode responder por crime contra a honra e também terá de dar explicações sobre o colete balístico apresentado no tribunal sem o registro exigido.
 
Ana Lúcia responderá na justiça por todos os seus erros cometidos durante o tribunal do júri. Poderá ser a vez dela se sentar no banco dos reus. No entanto, defender Lindemberg não foi um crime. Foi a garantia de um preceito legal. Pior do que não entender nada sobre direito, é não respeitá-lo.
 
João Camargo Neto é jornalista.
@joaocamargoneto

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
  • 26.02.2012 09:51 Luisa

    Muitíssimo bem colocado, João!

  • 23.02.2012 11:52 Lúcio Soares

    Meu nobre, fica difícil saber o que foi pior em seu ilustre artigo. O título falando "até Lindemberg"... "Até" por que????? Ele também é gente. Já o comportamento da advogada foi TOTALMENTE lamentável. Em nenhum momento se discutiu a garantia constitucional do direito à defesa, caríssimo. O que se discutiu à exaustão foi a atitude DESRESPEITOSA, PREPOTENTE E ANTI-ÉTICA da advogada. O que ela fez durante o julgamente foi legal. Mas será que foi moral???????

  • 22.02.2012 08:15 Dona Abóbora

    Você é um assessor da Ordem do Advogados do Brasil e tem coragem de escrever u m artigo desse. O mundo tá acabando mesmo. Assessor de imprensa da OAB dizendo que não assiste julgamento? Vou te falar... a imprensa goiana tá mesmo falida... Meu ajuda aí... Vai se infomar mais e pesquisar outros temas para escrever...

  • 20.02.2012 09:34 João Carlos

    Grande texto. Finalmente uma voz em defesa dos profissionais que exercem o Direito.

  • 18.02.2012 04:43 Lores

    Li rapidamente seu texto entao posso ter entendido errado vc "defendeu' a avogada dele??? Bom, para mim todo mundo merece defesa com certeza e, infelizmente, ate o Lindemberg poderia ter tido uma.....para mim aquela dvogada fez de tudo MENOS defender decentemente!!! E' uma ridi'cula que envergonha os profissionais da area!!!

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351