O Blog  07.05.2012 12h29
Para quem já teve foto constrangedora na internet

Depois que o mundo já viu você nu, relaxe!


É cada vez mais comum a divulgação pública de imagens íntimas. Fotos e vídeos de gente fazendo aquilo que todo mundo faz e gosta ganham a grande rede em volumes abismais. E nem o mais nerd dos nerds, ou o mais voyeur dos voyeurs, tem tempo para assistir tudo que diariamente chega e fica a dois cliques de seus olhos. É coisa demais para, digamos, consumir. Na maioria dos casos, a vergonha de quem se vê exposto daquela forma se limita ao restrito círculo pessoal que o indivíduo vive. Agora, se você for uma atriz global, a coisa pega uma proporção um pouquinho maior.

Foto de gente pelada na internet virou assunto nacional quando, na última sexta-feira, imagens da atriz Carolina Dieckmann vazaram e provocaram furor geral no mundinho do Twiiter. Nas fotos, a global não esconde aquilo que a Playboy já tentou comprar algumas vezes e não conseguiu. Ela aparece completamente nua em situações cotidianas, onde ela mesma se fotografou. E aqui já cabe a primeira lição para quem não quer passar por tal situação: nunca se fotografe de uma forma que não gostaria que os outros lhe vissem. A chance de tal imagem se tornar pública é real. Basta você perder sua máquina fotográfica ou celular, algum hacker entrar no seu computador e acessar as fotos de seu HD ou a empresa onde você faz a manutenção de seu equipamento não ser idônea que você terá suas imagens em tudo quanto é monitor mundo afora. Não tem foto constrangedora na internet de quem nunca fez foto constrangedora.

Outro erro muito comum é a galera que deixa ser filmada ou fotografada durante o ato sexual. Não tenha dúvidas: mais cedo ou mais tarde, esse vídeo ou foto deixará o ambiente privado e se tornará pública. Basta um término de relacionamento mais conturbado que, em um momento de fúria e forra, aquele que um dia foi amado irá lhe expor para todos. Nada mais perigoso que sentimento de ex após o fim do namoro. E toda prudência do mundo é pouca. O amor e a confiança de hoje se transformam em ódio em rancor amanhã. Acontece nas melhores famílias. E pode rolar com você também. Então, se não quer que seu namorado ou namorada, quando se tornar gente que foi embora, tenha em mãos material comprometedor, nunca permita que registros sejam feitos. Afinal de contas, o que realmente é bom e importa, guardamos para sempre na memória. Não é necessário nenhum outro tipo de registro.

Por outro lado, quando o pior já aconteceu e todos no seu trabalho estão lhe observando com olhares maliciosos, a única coisa a fazer é relaxar. Sua nudez agora é pública e você faz parte de homenagens de adolescentes de todo planeta. Quem está no inferno, abraça o capeta. Depois do que já rolou e Inês é morta, até que não é ruim perceber que você consegue excitar um monte de gente. Se não vai poupar a vergonha pública, pelo menos dá uma forcinha para a autoestima. 

Comente


Comentários


Publicidade

Publicidade