O Blog  15.05.2012 12h59
Não acredito que a Pecuária vai começar de novo

Transferência do Parque é urgente para Goiânia


Entramos em maio e, junto do friozinho típico do outono que anuncia a chegada da seca do cerrado, os goianienses sabem que um transtorno começará novamente. A Exposição Agropecuária de Goiânia irá destruir o trânsito na região da Vila Nova, impedir o sono de quem mora em um raio de cinco quilômetros do local e exalar fedentina para todos os lados. Seremos obrigados a suportar esse estupro ao bom senso que é aquele espaço no coração da cidade pelas próximas semanas. Bem-vindos ao inferno! Ele também é conhecido como Goiânia em época de Pecuária.

É impressionante como o papo da transferência de local da Pecuária só nos venha à cabeça em maio, quando a vaca já foi pro brejo. Ops, para a exposição. Ao longo do ano, esse assunto cai em um cômodo esquecimento. E não precisamos esperar que a Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura puxe esse debate. Eles não têm interesse nisso. Em time que está ganhando não se mexe. A SGPA deve ser formalmente intimada a providenciar a mudança de sede da festa pelo poder público. Vamos parar de ser omissos. A sociedade vem sendo prejudicada ao longo dos anos e não vemos mobilização pela resolução definitiva da questão. Em maio de 2040, esse artigo poderá ser republicado. Pois não acredito que irão mexer na Pecuária.

O poder público ainda não teve peito de questionar os interesses do setor pecuarista goiano e bancar a retirada mais que urgente daquele parque dali. Os caras têm grana e a classe política sempre afina quando estamos tratando de interesses que envolvem vultosas quantias. Enquanto isso, vamos torcer para passar rápido o mês de maio e deixar de preocupar com isso no próximo ano.

Não sou a favor do fim da Pecuária. Entendo a importância da festa para o entretenimento de muita gente. Também sei que as cifras movimentadas são significativas para a economia do Estado. Eu não sou estúpido para achar que algo que chama milhões de pessoas não tem relevância. É claro que tem. Eu não gosto dos artistas que tocarão ali, não tenho relação alguma com o agronegócio, mas sei que acontece algo pertinente ali. Contudo, essa pertinência não pode justificar o abuso a que toda Goiânia é submetida.

As soluções para o problema existem, basta ter vontade política para isso. Goiânia precisa de um setor específico de entretenimento. Uma zona de ruído onde os grandes eventos de nossa cidade possam ser realizados. A transferência da Pecuária para essa região que nossa cidade carece seria um marco simbólico de uma inversão política importantíssima. Sinalizaria que o direito à diversão estaria garantido, sem prejudicar a vizinhança que não tem interesse na festa.

Comente


Comentários

  • 15.05.2012 10:06 Por Frederico Pacheco

    Sem falar da coincidência da liberação do trecho interditado da Marginal, não foi o clamor de motoristas que trafegam ali diariamente que resolveu,sabemos que o interesse econômico de uma classe mais favorável sempre sobrepõe o da maioria!Valeu Cawboys!!!Vcs nos salvaram!!!!

  • 15.05.2012 02:54 Por Myla Alves

    Outra transferência que caiu no esquecimento foi a do Zoológico. Diziam que tanto barulho estressa os animais, que o parque deveria estar numa região afastada. Nada foi feito e os animais continuam ali...


Publicidade

Publicidade