Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Sobre o Colunista

Veryne Miranda
Veryne Miranda

Veryne Miranda é advogada e resolveu transformar a paixão por viagens em negócio. Ela acredita que a experiência de viajar é melhor aproveitada quando planejada e customizada. Just Go Travel: um novo jeito de viajar / veryne@justgotravel.com.br

Just Go Travel

Transportando bichos de estimação no avião

Com alguns cuidados, é possível levar o pet | 06.05.15 - 17:36


Goiânia - A principal preocupação e dificuldade para quem tem bichinho de estimação (gato ou cachorro) é como levar o pet para viajar de avião com tranquilidade e segurança.
 

(Foto: Reprodução/momcaesegatos.com.br)
(Foto: Reprodução/momcaesegatos.com.br)

Não basta só você ter zelo e carinho por ele, a escolha da companhia aérea neste caso é super importante. Neste post eu te mostro dicas e restrições de algumas empresas, já que existem questões burocráticas e sanitárias na hora de levar seu companheirinho de quatro patas nas aventuras junto com você.

(Foto: Reprodução/wooftown.com)
(Foto: Reprodução/wooftown.com)

  • "Dá pra levar o animal junto comigo na cabine do avião?" Sim, é possível. Mas é extremamente importante ligar no atendimento ao consumidor da companhia e tirar todas as dúvidas possíveis para que, no final, tudo saia bem. O peso máximo dessa "bagagem"costuma ser de 7kg. Vale lembrar que o peso corresponde ao do animal + caixa de transporte, ok?
     
  • Seu pet pesa mais? Então ele vai viajar no compartimento de carga do avião. Fique tranquilo, pois as companhias prometem um lugar climatizado e igual à cabine, só que as luzes ficarão apagadas durante todo o voo. 
     
  • O valor da "passagem" do pet em território nacional vai de R$ 90 a R$ 200. Para viagens internacionais, de US$ 200 a US$ 700.
     
  • Faça uma busca pela internet ou converse com pessoas que viajam ou viajaram com animais para saber como foi a procedência da empresa com o seu animal de estimação e com você também. Nem sempre o que é prometido é cumprido.
     
  • Tente comprar uma passagem com menos conexões e horas de voo. Assim é menos stress para você e o seu bichinho. Escolher um voo noturno pode ser uma boa opção, pois os aeroportos ficam mais vazios nesses horários.
     
  • Infelizmente algumas empresas não aceitam cães braquicefálicos, que possuem focinho achatado: bulldogs e pugs, no caso dos cães, por exemplo, e persas e himalaios no caso dos gatos. Como esses cães podem ter crises de hipotermia e morrer, as companhias preferem não se responsabilizar por eles.
     
  • A sedação ou não do seu animal fica a critério do seu veterinário. Converse com ele e tire todas as dúvidas. Tudo o que menos queremos é que ele fique com medo e passe mal nessas horas, então um calmante pode aliviar o stress do animal.
     
  • Os cães-guia, chamados de animais de serviço, viajam sempre na cabine junto com o dono e algumas companhias nem mesmo exigem uso de focinheira, considerando o treinamento que esses cães têm.
     

Alguns documentos são obrigatórios, veja só:

Voos nacionais: Atestado Sanitário prescrito por um médico veterinário inscrito no CRMV (Conselho Regional de Medicina Veterinária) e Certificado de Vacinação Antirrábica.

Voos internacionais: Além do documento citado acima, você tem que ter em mãos o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI), que é emitido pelo Ministério da Agricultura nos aeroportos internacionais.
 

(Foto: Reprodução/oldtownmanor.com)
(Foto: Reprodução/oldtownmanor.com)

Pra finalizar, confira nos links abaixo os procedimentos das principais companhias aéreas que atuam no Brasil na hora de levar o seu bichinho para viajar:

TamGolAzul e Avianca

Se você não se sentir confortável, deixe o seu melhor amigo em um hotel para animais de estimação ou com babás. Mas não se esqueça de pesquisar com atenção como são os cuidados e também como seu cachorro ou gato fica na sua ausência. 


Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:

Sobre o Colunista

Veryne Miranda
Veryne Miranda

Veryne Miranda é advogada e resolveu transformar a paixão por viagens em negócio. Ela acredita que a experiência de viajar é melhor aproveitada quando planejada e customizada. Just Go Travel: um novo jeito de viajar / veryne@justgotravel.com.br

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351