O Blog  22.12.2011 10h34
Maneiras eficazes de desperdiçar suas férias

Dicas de como jogar seu descanso no lixo

Férias é algo tão especial e singular que deveria ser tratada de forma sacra. Tanto é que acontece só uma vez por ano. Tipo Natal e Carnaval. Por isso que precisamos ser zelosos a respeito da maneira como vamos passar os raros dias de folga remunerada anual que temos – e que Deus abençoe Vargas que colocou esse direito trabalhista em nossas leis. Ao menor vacilo, os dias passam e, quando você percebe, já está na hora de voltar a bater o ponto na empresa. Vou listar aqui as formas mais eficazes de desperdiçar esses valiosos dias e não aproveitar esse direito.

1- Tirar férias em casa – até acho que alguns dias das férias em casa são importantes para arrumar aquela estante que, na loucura da correria do trabalho, nunca sobra tempo, ou para colocar em dia as consultas médicas. Contudo, se você ficar todo período de descanso em casa, vá por mim, arrumará mais trabalho do que se estivesse saindo todo dia para cumprir as obrigações do seu emprego.

2- Viajar para locais repetidos – é um vacilo tão grande quanto reler um livro ou assistir um filme novamente, exceção feita para aqueles clássicos absolutos que lhe sensibilizam ao extremo. No caso de viagens, também acho que só é possível uma exceção se for aquele local inesquecível que acachapou seu coração. Fora disso, tenho a seguinte premissa: a vida é curta, o mundo é grande, o tempo urge. Acho desperdício voltar ao mesmo local sendo que existem tantas opções para conhecer nessa imensidão chamada Terra.

3- Não desligar completamente de sua atividade profissional – as férias só têm sentido se forem de descanso pleno e absoluto. Por isso, se policie para cortar qualquer tipo de vínculo com sua rotina profissional. No meu caso, não leio jornais e não entro em sites noticiosos. Como minha vida é buscar informações e refletir sobre as mesmas, é impositivo me distanciar desse universo para dar uma arejada na cabeça. Manter distância prudente das redes sociais e da caixa de e-mail também é salutar.

4- Pegar um frila nas férias – você até acha que o trabalho vai ser rápido e de boa, mas, internamente, você sabe que nunca é rápido e de boa. Frila é o trabalho que tem prazo curtíssimo, demanda um esforço gigante e não tem garantias trabalhistas. Até paga um pouco melhor e a graninha extra pode seduzir, mas seu nível de estresse bate picos himalaísticos. Sua sanidade vale mais do que esse dinheiro. E, naturalmente, suas férias vão para o ralo.

5- Assumir compromissos familiares – sua família sabe que você está de férias e começa a lhe passar um monte de trabalhos domésticos por que você está de férias. Eles só não sabem (ou se esquecem) que o trabalho doméstico é um dos mais desgastantes e estressantes que existem. E se você for aceitando todas as barcas que lhe são colocadas, suas férias serão mais cansativas e frustrantes do que se você estivesse engravatado no escritório.

Comente


Comentários

  • 24.12.2011 07:16 Por Flávia Cristina

    Vc já deve estar ficando craque em criar listas hein?! rs, valeu mais estas, vou guardá-la já q as minhas serão em julho, agora só uma ida rápida em Caldas,mas são macetes básicos q a gente não tomat cuidado sempre acaba caindo...


Publicidade

Publicidade