Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Concerto de cordas

Camerata Filarmônica se apresenta com participação de Juraildes da Cruz

Evento integra Jornada de Estudos Brasileiros | 16.03.18 - 07:25 Camerata Filarmônica se apresenta com participação de Juraildes da Cruz (Foto: Esther Teles)
Yuri Lopes

Goiânia
- A Camerata Filarmônica de Goiás realizou concerto com participação do músico Juraildes da Cruz na noite da última quinta-feira (15/3), como parte da abertura da edição 2018 da Jornada de Estudos Brasileiros.  


 
Com regência do maestro Alessandro Borgomanero, a apresentação contou com obras de  Villa-Lobos, Estércio Cunha, Henrique de Curitiba, Villani Cortes e Guerra Peixe.  

Leia mais:
Jornada de Estudos Brasileiros debate a cultura do Sertão goiano

Na participação de Juraildes da Cruz, a camerata interpretou composições do cancioneiro popular brasileiro, como Quem Ama Perdoa, Meninos, Cantão e Nóis é Jeca, Mas é Joia. Os arranjos para cordas foram produzidos por Jaime Zenamon.  


Juraildes da Cruz (Foto: Esther Teles)

Sobre a mistura de um repertório popular interpretado por músicos e instrumentos de corda, Borgomanero disse que ficou muito satisfeito com o resultado. “É muito importante promover este tipo de intercâmbio. Acredito que a música erudita pode muito bem se fundir com a música popular tradicional brasileira muito facilmente. A sonoridade de uma orquestra de instrumentos de corda, violino, viola, violoncelo e contrabaixo, pode ser misturada com as melodias populares tranquilamente. Acredito que foi um projeto positivo para ambas as partes”, declarou.  


(Foto: Esther Teles)

Se depender de Juraildes, sua obra não ficará restrita apenas ao público que gosta de música popular regional. "A minha música é universal. Minha música ultrapassa todos os limites e não fica restrita a um tipo de público. Quanto mais a gente puder se unir, somar, é melhor. A música só ganha com isso”, disse o músico de 60 anos que toca violão há 35 anos.  

A Orquestra Filarmônica de Goiás já tem o hábito de incluir em sua programação, uma vez por ano, parceria com um músico da área popular durante apresentações em parques de Goiânia ou mesmo no Centro Cultural Oscar Niemeyer. 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
  • 16.03.2018 19:41 Marshal

    O último parágrafo está errado. Não é a Orquestra Filarmônica de Goiás. E vocês sabem muito bem disso.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351