Campeonato Goiano  15.04.2012 19h33
Goiás segue na liderança e enfrenta o Vila na semifinal

Anapolina e Morrinhos estão rebaixados

Goiás segue na liderança e enfrenta o Vila na semifinal Goiás vence o Aparecidense e se mantém em primeiro lugar no Goianão (Foto: Patricia Neves)


A Redação

Continuando na liderança do campeonato, o Goiás terminou a rodada deste domingo (15/4) com 42 pontos. Em seguida, o Atlético ficou com 41 pontos, Crac e Vila Nova com 26, sendo que o Crac tem o maior número de vitórias, oito contra sete do Tigre. Além do Anapolina, que estava rebaixado, o Morrinhos também seguiu para a zona. Os próximos jogos vão contar com o clássico Vila Nova X Goiás e o Atlético enfrenta o Crac.

Confira o resumo dos jogos desta rodada:

Aparecidense 2 X 4 Goiás
O Goiás permaneceu na liderança do Campeonato Goiano e terminou o jogo vencendo de 4 a 2 contra o Aparecidense no estádio  Aníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia. Os gols do verdão foram marcados por Iarley, Thiago Humberto, Egídio e Reis sendo que Tatu marcou dois para o Aparecidense diminuindo a diferença. Apesar dos gols, Aparecidense ficou em sexto lugar da tabela do campeonato. Já o time esmeraldino terminou a primeira fase na liderança, com 42 pontos.

Ficha técnica
2 Aparecidense: Flávio Mendes; Leonardy, Carlão, Alisson e Zé Carlos; Geovane, Pereira (Thiago Henrique), Raphael Luz (Péricles), Fabinho (Guilherme) e Ernane; Tatu

4 Goiás: Harlei; Peter, Rafael Toloi, Valmir Lucas e Egídio; Amaral, Thiago Mendes, Ramon (Elivélton), Thiago Humberto (Vítor) e Netinho; Iarley (Reis).

Local: Estádio Aníbal Batista de Toledo (Aparecida de Goiânia). Árbitro: André Luiz Castro (Asp/Fifa). Assistentes: Édson Antônio e Jair Marinho. Gols  Iarley 40' 1ºT, Thiago Humberto 5' 2ºT, Egídio 14' 2ºT, Reis 23' 2ºT (Goiás) / Tatu 25' 2ºT, e aos 43' 2ºT (Aparecidense). Cartões Amarelos: Alisson, Zé Carlos, Leonardy, Carlão (Aparecidense) / Peter, Valmir Lucas (Goiás).


Morrinhos 2 X 2 Anapolina
Morrinhos não alcançou o objetivo de vencer para continuar na primeira divisão do Campeonato Goiano. Disputando a partida contra Anapolina, o jogo terminou empatado em 2 a 2. Com isso, os dois times acabaram rebaixados. O primeiro gol foi marcado por Émerson, do Anapolina, mas Geovane empatou a partida. Na sequência, Regis virou para o Morrinhos ainda no primeiro tempo e permaneceu na elite com a perda do Goianésia, que acontecia de forma simultânea. No segundo tempo, Rayllan fez o segundo gol da Anapolina.

Ficha técnica
2 Morrinhos: Leonam; Roger (Da Silva), Rafael Olioza, Vinícius Zaqui e Geovane; Roberto, Juliano, William Kremer e Rodriguinho; Mailson e Régis.

2 Anapolina: Edinho; Romeu, Duda, Pablo e Dudu Civardi; Juninho, Emerson Cris, Júnior, Gilmar Baiano e Samuel; Douglas Freitas.

Local: Centro Esportivo João Vilela Árbitro: Elmo Resende Assistentes: Jesmar Miranda e Valdir dos Anjos Gols: Emerson Cris 17’ 1ºT, (Morrinhos) Regis/ Geovane, Rayllan (Anapolina)


Vila Nova 0 X 1 Crac
O Vila Nova enfrentou o Crac neste domingo, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, em Goiânia, apostando na vitória para se manter na terceira posição do Campeonato Goiano. Com a vitória do time de Catalão por 1 a 0, o Tigrão caiu para o quarto lugar, enquanto o Crac assumiu a terceira posição. O único gol da partida veio aos 22 do primeiro tempo, marcado pelo atacante André Leonel, um dos maiores destaques do jogo deste domingo. O artilheiro Patrick tentou várias vezes e em duas jogadas quase marcou para o Vila Nova.


Vila Nova perdeu para o Crac, que assumiu a terceira posição no Goianão (Foto: Fábio Lima)

Aos 40 do primeiro tempo, o Crac fez a primeira substituição da partida ao trocar Josué, que foi para o banco aplicar gelo nas pernas, por Toninho. Thiago entrou no lugar de Henrique para dar mais agilidade ao Crac.

Mancando por causa de uma contusão, John Lennon ficou por alguns minutos mancando no campo até o técnico substituir o jogador por Edinho. Já no início do segundo tempo, Edinho se esforçou para marcar para o Vila, mas não obteve sucesso em nenhuma das tentativas. Diego e Edinho foram os jogadores que mais fizeram lances com chances de gols.

Ficha técnica
0 Vila Nova: Ruan; Jorginho, César Gaúcho, Túlio e Jonh Lennon (Edinho); Romário, Ricardinho (Daniel), Rafael Carioca e Rondinelly (Diego); Marion e Patric.

1 Crac: Fernando; Dida, Luciano, João Paulo e Marcinho Pit; João Vitor (Luizão), Mário César, Tiago Martins(Henrique) e Danilinho; Josué (Toninho) e André Leonel.

Local: Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga. Árbitro: Wílton Pereira Sampio (Asp/Fifa). Assistentes: Cristhian Passos e Guimarães Ribeiro. Gols André Leonel 22' 1ºT. Cartões Amarelos: Romário, Diego e Ricardinho (Vila Nova); Tiago Martins e Dida (Crac).


Atlético GO 3 X 0 Rio Verde
Em partida realizada no Serra Dourada, o Atlético-GO deu uma surra de três gols no Rio Verde, que não marcou nenhum durante os 90 minutos de jogo. Mirando na liderança do campeonato, o Dragão está com 41 pontos, um a menos que o Goiás, o primeiro colocado. Já o Rio Verde continua com 19 pontos e figura na sétima posição, na frente apenas do Goianésia, Morrinhos (17) e Anapolina (13).


Atlético vence o Rio Verde por 3 a 0 no Serra Dourada (Foto: Fábio Lima)

A sequência frenética de gols do Dragão começou com cobrança de falta de Márcio, que marcou o primeiro para o Atlético, aos 28 minutos do segundo tempo. Três minutos depois, Bida marca o segundo do Atlético. Aos 34, foi a vez de Marcão balançar a rede do gol do adversário e marcar o terceiro para o Atlético.

Com os resultados dos jogos deste domingo, fica definido que o Atlético vai enfrentar o Crac nas semifinais do Goianão, com a vantagem de jogar por dois resultados iguais. A partida está marcada para o próximo fim de semana, em Catalão.


Jogadores do Atlético comemoram um dos três gols no jogo que garantiu a segunda posição para o time (Foto: Fábio Lima)

Com um primeiro tempo quase parado, o ápice da partida veio no segundo tempo, com a enxurrada de gols do Atlético. O goleiro Márcio teve a chance de inaugurar o placar em cobrança de pênalti, mas chutou fraco para o canto esquerdo do goleiro do Rio Verde, que defendeu o chute.

Ficha técnica
Atlético GO: Márcio; Joilson, Gilson, Paulo Henrique e 6Bruninho; Pituca (Dodó), Marino, Fernando Bob e Bida (Diogo França); Diogo Campos (Felipe Brisola) e Marcão.

Rio Verde 0: Wagner Bueno; Kaká (Wilton Goiano), Daniel Gigante, Carlão e Jorge Henrique; Ramalho, Rai, Léo Mineiro e Juninho (Anailson); Danilo e Tatá (Vina).

Local: Estádio Serra Dourada. Árbitro: Eduardo Tomaz. Assistentes: João Patrício e Tiago Gomes. Gols Márcio 28' 2ºT, Bida 31' 2ºT e Marcão 34' 2ºT.


Itumbiara 2 X 1 Goianésia
Não foi desta vez que o Itumbiara conseguiu se classificar para as semifinais do Goianão. Apesar de vencer o Goianésia por 2 a 1 no estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara, o time precisava da derrota do Crac e de, no mínimo, um empate do Aparecidense. O empate entre Morrinhos e Anapolina, favoreceu, entretanto, o Goianésia, que permaneceu na elite.

O primeiro gol da partida foi feito de pênalti por Schwenck, aos 41 minutos do primeiro tempo, beneficiando o Itumbiara. Aos 25 minutos do segundo tempo, o atacante do time adversário, Johnathan empatou. Seis minutos depois, Édson Borges fez gol de cabeça e garantiu a vitória.

Ficha técnica
2 Itumbiara: Marcelo Pitol; Wagner Diniz (Carlinhos), Eduardo Luiz, Edson Borges e Gleidson (Chiquinho); Paulo Almeida, Mancuso, Bruno Sabino e Cristian; Lins e Schwenck.

1 Goianésia: Reinaldo; Acácio, Júnior Soares, Preto Marabá e Maninho; Diogo Marzagão, Lê, Cleuber e Diego; Peri e Jonhnathan.

Local: Estádio Juscelino Kubitschek. Árbitro: Wellington Branquinho Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Nílton Rodrigues. Gols: Schwenck 41’1º T, Édson Borges 31’2ºT (Itumbiara)/ Johnathan 25’ 2ºT (Goianésia)


Leia mais:
Patric diz não ter preferência por adversário em semifinal
Itumbiara enfrenta Goianésia em busca de vaga na semifinal
De olho na liderança, Atlético-GO briga com o Rio Verde no Serra
Goiás tenta continuar na liderança contra Aparecidense
Aparecidense marca primeiro gol jogando em casa
Vila enfrenta o Crac e busca manter terceira posição













Comente


Comentários

  • 16.04.2012 08:25 Por Norbert Bruggeman

    Não é Crack, mas Crac......



Publicidade

Publicidade