Flamengo  21.05.2012 17h58
Com status de ídolo, Ibson chega ao Flamengo

Meia diz que estava com saudade

Com status de ídolo, Ibson chega ao Flamengo Ibson chega ao Flamengo e é recebido com festa (Foto: Maurício Val)


O meio-campista Ibson retornou ao Flamengo com status de ídolo e estrela. Formado nas categorias de base do clube e com outras duas passagens pela equipe, o novo reforço foi apresentado nesta segunda-feira (21/5) pela presidente Patrícia Amorim, se emocionou e declarou todo seu amor ao clube da Gávea. "Estava com saudade", disse o jogador, que explicou a sua decisão de trocar o Santos pelo Flamengo.

"Sem dúvida o Santos é um dos melhores times do Brasil. Mas quando soube pelo meu pai que tinha uma proposta do Flamengo, falei para ele nem pensar duas vezes. Era só me apresentar o papel para eu passar a caneta. Na verdade, eu não deveria nem ter saído daqui. É a minha casa, eu conheço todo mundo e estou muito feliz em estar de volta", afirmou Ibson.

Apesar da recepção festiva, o jogador negou que esteja chegando como uma solução para resolver os problemas do Flamengo. "Não sou solução para nada. Eu vim ajudar o Flamengo, que já conta com grandes jogadores. Chego com muita vontade, querendo jogar com o coração. O Ibson é o mesmo de sempre. Continuo aquele cara alegre e acho que o Flamengo é um dos favoritos ao título", disse.

Início no Fla
Ibson iniciou a sua carreira no Flamengo e deixou o clube em 2005. Dois anos depois, retornou o clube e foi fundamental para a classificação da equipe para a Libertadores de 2008. Agora, o meio-campista espera ajudar o time a repetir a campanha de sucesso neste ano.

"Infelizmente o começo de ano do Flamengo não foi bom. Eu acompanhei de fora e chego para ajudar. Em 2007, quando voltei, a situação também não era das melhores. Espero que possa acontecer a mesma coisa que aconteceu naquela temporada. O elenco é bom e temos condição de brigar pelo título do Brasileiro", comentou.

Negociação
Para que Ibson voltasse ao Flamengo, o clube cedeu o zagueiro David Braz e o lateral-direito Rafael Galhardo ao Santos. Os dois jogadores já estrearam pelo novo time, domingo, contra o Bahia, e o meio-campista espera que o mesmo aconteça com ele, independentemente da posição em que o técnico Joel Santana o escale.

"Eu sou segundo volante, mas jogo como meia, como o treinador quiser. Estou aqui para ajudar. Sou criado aqui e sei que o Flamengo é isso, é raça, é vontade. Espero estrear logo, mas é o Joel que escala. Estou à disposição e vou trabalhar forte nesta semana para que isso aconteça logo", afirmou Ibson, que foi exaltado pela presidente Patrícia Amorim no seu discurso de apresentação.

"Hoje é um dia especial para o Flamengo. Um filho está voltando para casa. Um filho muito querido, desejado por todos. Foi uma negociação bem difícil, onde todo o departamento de futebol trabalhou muito. Tenho que agradecer também ao presidente do Santos, que foi um parceiro para que essa missão fosse cumprida. Seja bem-vindo, Ibson. Aqui é a sua casa e você se encaixa em qualquer momento do Flamengo. Apostamos muito em sua chegada, com esse DNA rubro-negro. Sem dúvida trará alma e alegria ao time", afirmou a dirigente. (Agência Estado)

Comente


Comentários


Publicidade

Publicidade