Londres 2012  10.08.2012 18h43
Yamaguchi perde no boxe mas garante bronze para o Brasil

Yamaguchi perde no boxe mas garante bronze para o Brasil (Foto: Patrick Semansky/Associated Press/AE)

 
Londres - Depois de ver o irmão Esquiva se classificar para a inédita final do boxe brasileiro em Olimpíadas, Yamaguchi Florentino não teve a mesma sorte e acabou desclassificado nesta sexta-feira (10) ao perder para o russo Egor Mekhontcev pelo placar de 23 a 11.
 
Depois de bater o cubano Julio la Cruz Peraza, favorito ao ouro e número um do mundo entre os meio-pesados (81 kg), Yamaguchi não repetiu o desempenho na semifinal e sucumbiu diante do forte jogo de contragolpes do adversário.
 
Fugindo de seu estilo de recuar golpeando, o capixaba buscou mais o combate, ficando atrás durante todos os três rounds de duração do combate e dando adeus ao sonho do ouro inédito para o País na modalidade.
 
No entanto, as medalhas de bronze de Yamaguchi e da pugilista baiana Adriana Araújo colocaram fim em um jejum de 44 anos do boxe olímpico brasileiro, que ainda conta com um representante em Londres 2012: Esquiva Florentino encara o japonês campeão mundial Ryota Murata na tarde do próximo sábado (11), a partir das 17h45 (horário de Brasília).
 
Vencedor do combate contra Yamaguchi, o russo Mekhontcev espera a definição de seu rival na final, que sairá do combate entre o cazaque Adilbek Niyazymbetov e o ucraniano Oleksandr Gvozdyk, programado para esta sexta.
 
A luta
Desde o primeiro round, o russo Egor Mekhontcev mostrou maior domínio das ações e minou o brasileiro com fortes jabs, imprensando o capixaba por duas vezes nas cordas. Acuado, o brasileiro pareceu com poucas armas para reverter a situação e acabou em desvantagem no placar: 6 a 4.
 
No segundo assalto, o brasileiro tentou se movimentar mais e variou ataques curtos e pontuais com tentativas de sequências de golpes no corpo. No entanto, a postura defensiva do russo foi mais eficiente e, somada a rápidos contragolpes, garantiram novo triunfo parcial a Mekhontcev.9 a 4 no round e 15 a 8 no geral.
 
O terceiro e último round começou com uma franca troca de golpes no centro do ringue que pareceu abalar fisicamente o pugilista capixaba. Provavelmente cansado por conta do combate realizado na última quinta-feira, quando bateu o cubano Julio la Cruz Peraza por pontos, Yamaguchi não demonstrou explosão suficiente para correr atrás do resultado nos intantes finais, quando chegou a sofer duros golpes, obrigando o árbitro a abrir contagem em duas oportunidades. Placar final: 23 a 11. (Portal R7) 

Comente


Comentários


Publicidade

Publicidade