Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

1 a 0

Cruzeiro vence e impõe 1ª derrota ao Santos na Vila Belmiro neste Brasileirão

Thiago Neves foi o autor do gol | 28.05.17 - 18:38
Santos - O Santos perdeu pela primeira vez na Vila Belmiro neste Campeonato Brasileiro neste domingo, ao ser vencido pelo Cruzeiro por 1 a 0, com um gol assinalado pelo meia Thiago Neves. Essa foi também a segunda derrota da equipe em três rodadas disputadas na competição.

A última vez em que o time santista havia sido superado na sua casa foi no dia 19 de março, quando caiu por 2 a 1 diante do Palmeiras, pelo Paulistão. O resultado ruim fez o time santista estacionar na classificação, com três pontos, e seguir na segunda metade da tabela.

A equipe volta a campo pelo Brasileirão no próximo sábado, no clássico diante do Corinthians, em Itaquera. Já o Cruzeiro foi aos sete pontos, se manteve invicto e se garantiu entre os primeiros colocados.

O jogo deste domingo foi bastante equilibrado no primeiro tempo, com os times buscando o ataque. Logo aos 4 minutos, os cruzeirenses já reclamaram da arbitragem, pedindo toque de mão do zagueiro David Braz. Mas o primeiro chute a gol com perigo foi de Bruno Henrique, do Santos, aos 6 minutos. Depois, aos 32 minutos, o mesmo Bruno Henrique disparou do meio de campo, levando a bola para a esquerda e batendo firme para o gol, já dentro da área. Mas o goleiro Fábio espalmou para a linha de fundo em uma grande defesa.

A segunda etapa começou da mesma forma, com os dois times em busca da vitória. O Santos pelo DNA ofensivo da equipe e pela tradição de sempre pressionar os adversários na Vila Belmiro. E o Cruzeiro para evitar a pressão santista. E, aos 3 minutos, foi a vez de o time santista pedir pênalti por uma jogada de bola na mão dentro da área. O colombiano Hernández cruzou e a bola bateu no zagueiro Caicedo, que havia entrado no lugar de Dedé, dentro da área.

A torcida pediu pênalti por um toque de braço, mas a arbitragem mandou seguir. Em seguida, aos quatro minutos, em uma cobrança de falta da direita Bruno Henrique tocou e o zagueiro tirou sobre a linha, mas o assistente havia assinalado impedimento. Antes dos 15 minutos do segundo tempo, o time celeste teve uma baixa inesperada.

O meia uruguaio Arrascaeta, que havia sofrido uma entrada dura de Copete (que rendeu um cartão amarelo ao colombiano), deixou o gramado. Para o lugar dele, Mano escolheu Thiago Neves. Aos 27 minutos, David Braz salvou o gol cruzeirense em uma jogada finalizada por Hudson. Logo depois, na primeira bola que pegou, o atacante Ábila - que havia substituído o volante Hudson - fez um belo passe para Thiago Neves, que chegou sozinho na frente do gol e bateu. O goleiro Vanderlei saiu abafando e fez uma defesa sensacional.

Aos 37, novamente Ábila fez grande jogada e cruzou da linha de fundo para Thiago Neves completar - de pé direito - para as redes: 1 a 0 para o Cruzeiro. Após sofrer o gol, o técnico Dorival Júnior lançou o time ainda mais para o ataque, colocando Kayke no lugar do volante Renato, mas o time não conseguiu levar grande perigo ao gol de Fábio. Depois de passar pelos santistas, o Cruzeiro agora volta as suas atenções para a Copa do Brasil, na qual enfrentará a Chapecoense nesta quinta-feira, em Chapecó. Em seguida, pelo Brasileirão, a equipe curiosamente também enfrentará o mesmo time catarinense no próximo domingo, no Mineirão, pela quarta rodada. (Agência Estado)

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351