Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Futebol

Chapecoense x Grêmio é adiado para quinta-feira por causa do mau tempo

Pedido foi feito pelos dois clubes | 06.06.17 - 22:05
São Paulo - Por conta do mau tempo dominante na cidade de Chapecó (SC), nos últimos dias, o jogo entre Chapecoense e Grêmio foi transferido de quarta para quinta-feira (8/6), às 20 horas, na Arena Condá. O pedido de adiamento foi feito pelos dois clubes porque ambos não conseguiram chegar a tempo na cidade para disputar o jogo válido pela 5ª rodada do Brasileirão.

A confirmação por parte do departamento de competições da Confederação brasileira de Futebol (CBF) aconteceu só no início da noite desta terça, mas à tarde o Grêmio já tinha liberado seus jogadores após insucesso no voo fretado para a cidade catarinense. O clube gaúcho se recusou fazer a viagem de ônibus, num trajeto tortuoso e que demora em torno de oito horas. O seu voo também tinha sido cancelado devido ao mau tempo.

A Chapecoense não conseguiu voltar para casa depois da vitória sobre o Cruzeiro, por 2 a 0, em Belo Horizonte (MG), domingo à noite. Na segunda-feira o aeroporto de Chapecó já estava fechado e a delegação optou por pernoitar em Campinas (SP). Nesta terça-feira a delegação passou um susto em Passo Fundo (RS) onde o avião teve que arremeter e depois desceu em Porto Alegre (RS) no Aeroporto Salgado Filho. Outra curiosidade é que as duas delegações se encontraram neste aeroporto, quando souberam da impossibilidade da descida em Chapecó.

A delegação da Chapecoense aceitou seguir de ônibus, enquanto a gremista se recusou com a alegação de segurança. E citou um acidente sofrido por seu staff de logística (que leva o material esportivo), que estava numa van e capotou. Nenhum dos quatro funcionários ficou ferido com gravidade. REGULAMENTO - O adiamento aconteceu baseado no Artigo 19 do Regulamento das Competições da CBF.

Nele estão previstos a interrupção ou suspensão de jogos, por causa de alguns fatores. Entre eles, a falta de segurança; o mau estado do gramado; falta de iluminação, ausência de ambulância, brigas no estádio entre outros. Não está previsto no artigo a questão de mau tempo, o que é comum na região de Chapecó. Mas há precedente envolvendo o próprio clube catarinense. Aconteceu em 2013 num jogo pela Série B contra o América-MG, que também não conseguir descer no aeroporto municipal. O jogo, na ocasião, foi adiado. (Agência Estado)

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351