Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Fala, comandante!

Tite elogia Diego Souza e cita 'poupança' para avaliar jogadores antes da Copa

Técnico comentou postura da seleção | 13.06.17 - 10:57 Tite elogia Diego Souza e cita 'poupança' para avaliar jogadores antes da Copa (Foto: CBF)
Rio de Janeiro - Se cada jogador tivesse uma poupança na seleção brasileira, Diego Souza estaria com uma conta bancária recheada. Foi assim que o técnico Tite resumiu a atuação do meia-atacante, que atuou como centroavante no amistoso com a Austrália, na manhã desta terça-feira (horário de Brasília). O jogador do Sport marcou dois dos quatro gols brasileiros na vitória por 4 a 0.

Tite fez elogios a Diego Souza ao usar metáfora que pretende aplicar com todos os candidatos a entrar na futura lista final de convocados para a Copa do Mundo de 2018. "Uma convocação é construída, não é momentânea. São construídas a partir das campanhas passadas, da história da seleção. No caso do Diego Souza, tem um pouco do Brasileiro do ano passado, é um efeito cumulativo dele", explicou o treinador.

Segundo a definição de Tite, bons momentos nos jogos da seleção vão rendendo "depósitos" nesta poupança individual dos jogadores. "A gente vai construindo a convocação, como se imaginássemos uma boa poupança. Com as jogadas, como uma boa cobertura, um belo lance, o jogador vai formando a sua poupança na seleção", disse o técnico.

Sob este ponto de vista, Tite também aprovou a atuação de Rodrigo Caio e até de Diego Alves, que mal foi exigido pelo ataque australiano. "Ele pôde, sim, ser observado, pelo seu discernimento, pela naturalidade que tem em campo, por decisões de sair jogando", disse o treinador, citando uma única finalização defendida pelo goleiro.

Alves jogou os 90 minutos do amistoso. Tite garantiu, porém, que Ederson terá novas oportunidades. Ele explicou que preferiu preservar o goleiro nesta terça porque ainda estava fora do fuso e passando por mudanças em sua vida. "Ele está mudando de clube, acabou de ver a filha nascer", ponderou.

Esquivando-se sobre perguntas sobre possíveis jogadores convocados no futuro, o técnico garantiu que qualquer atleta, mesmo ainda não convocado por ele, tem chances de ir ao Mundial. "Gostaria que a minha convocação fosse apenas uma semana antes dos jogos. Porque às vezes o atleta arrebenta no Brasileirão, mas a lista já estava pronta antes. Luan, só para dar um exemplo direto, poderia ter sido convocado", admitiu, referindo-se ao atacante do Grêmio.

Como avaliação final do amistoso, Tite celebrou o "objetivo alcançado". "O objetivo foi alcançado, que era dar a todos os atletas a oportunidade. Era o momento que nos permitia fazer isso. E foi importante porque o desempenho veio acompanhado do resultado hoje. No jogo anterior, só tivemos o desempenho".

Na sexta-feira, a seleção foi batida pela Argentina por 1 a 0, também em Melbourne, na primeira derrota de Tite à frente da equipe. (Agência Estado)

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351