Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

República da Saúde

Restaurante oferece cardápio saudável e conceito de "slow food"

Produtos à base de grãos compõem cardápio | 17.02.12 - 19:30 Restaurante oferece cardápio saudável e conceito de "slow food" Fotos: André Saddi
Marina Morena

Se alimentar bem, fazer exercícios físicos e viver de maneira saudável. Essa fórmula poderia até parecer apenas um modismo até alguns anos atrás. Mas a realidade é que esse estilo de vida ganha, a cada dia, mais e mais adeptos goianos. Pensando nisso, o restaurante República da Saúde, em Goiânia, aproveitou para inovar no cenário de alimentos, trazendo para a capital goiana mais que um conceito de de viver bem, mas a aliança entre o bom paladar e a saúde, além da ideia de “slow food”.


Varanda externa é um dos ambientes do República da Saúde

Segundo o proprietário e chef do restaurante, Tony Martins, comer devagar é sinal de saúde e comunicação. Ao contrário do “fast food”, um estilo de alimentação no qual as pessoas não têm tempo de sentar à mesa e conversar com a família ou amigos, o “slow food” preza pela convivência e pela degustação. Para ele, o estilo do República se baseia em três pilares: alimentação saudável, satisfação e diálogo.

Prova disso é a recepção que o empresário dá aos clientes. Cada um que entre é motivo para um dedo de proza, que Tony não dispensa. Depois, ele visita cada mesa. Conversa, tira opiniões, brinca e dedica tempo. Tempo, aliás, parece não ser problema para ele. E não é mesmo. Tony defende a alimentação por etapas, um prato de cada vez: primeiro a salada, depois uma carne com um acompanhamento, depois outra carne, quem sabe uma massa ou o quibe (especialidade da casa) e, por último, uma sobremesa de dar água na boca.


O chef Tony Martins apresenta o cardápio repleto de saúde
 
“Fazemos os nossos pratos a base de grãos. Isso significa mastigação. E mastigação quer dizer maior saciedade, mais tempo para comer. Além disso, não usamos óleo, apenas azeite, e não fazemos frituras. Usamos o máximo possível de alimentos orgânicos, nada de enlatados ou produtos com conservantes e, nos doces, não usamos açúcar”, explica o chefe, andando pelo restaurante e mostrando as prateleiras, comidas e espaços.

Ao todo, três ambientes que compõem o República da Saúde: o restaurante, o empório e a padaria, que também é cafeteria e confeitaria. Neste lugar, a variedade de sobremesas e pães é enorme. Tony mostra, com orgulho, os pães que produz. “Pensamos em alimentos para um público que muitas vezes mora mais afastado do centro da cidade, como os condomínios fechados e, por isso, não podem sempre comer um pão fresquinho pela manhã, porque as padarias são muito longe. Fazemos pães com maior durabilidade, porque são à base de grãos”, explica o chef.


Grãos são a base dos alimentos no restaurante

Uma novidade do estabelecimento são as papinhas e comidas voltadas para as crianças, que Tony prepara para quem quiser levar para casa. “É difícil encontrar comida saudável para as crianças. As papinhas de supermercado estão carregadas de corantes e conservantes. Produtos industrializados são introduzidos no organismo das pessoas cada vez mais cedo no mundo moderno, e é por isso que resolvemos atender ao público infantil também”.

Currículo
Tony relata que trabalha no ramo de alimentos há 15 anos, apesar de ser graduado em Administração de Empresas e ter sido professor da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC), na área de Marketing.

Segundo o chef, a idéia de trabalhar com alimentos saudáveis surgiu em uma viagem que ele fazia com a família para Berlim, na Alemanha. Tony diz que, no país, os orgânicos já estavam dominando o mercado de alimentos e, por isso, começou a pesquisar sobre o tema. Daí veio a inspiração para criar a República da Saúde, que este ano já completa quatro anos.

Cardápio
O restaurante oferece um prato especial para cada dia da semana no almoço e no jantar, os pratos são à la carte. Confira:
 
Segunda-Feira
Festival de Massas: talharim ao sugo, espaguete ao molho madeira, fusille integral com acompanhamentos.
 
Terça-Feira
Escondidinho de Carne, carne de panela, merluza ao creme de erva doce e frango grelhado.
 
Quarta-Feira
Charuto acompanhado de rocambole de carne, sobrecoxa grelhada e acompanhamentos nutritivos.
 
Quinta-Feira
Rabada, acompanhada de frango grelhado, espaguete integral, soja com legumes, gravatinha e tomate seco.
 
Sexta-Feira
Risoto goiano com arraia grelhada, feijão fradinho, mix de castanhas e estrogonofe de carne.
 
Sábado
Feijoada e sojoada: para todos os gostos, tanto a tradicional feijoada quanto a saudável sojoada com polaka ao creme de palmito, nhoque bola e farofa.
 
Domingo
Peixes: Pintado à lambrusco, risoto de camarão e bacalhau à olivier, beringela à parma, purê de batata, democrático da República.

Serviço
Restaurante República da Saúde
Rua 89, 655, St. Sul, Goiânia - GO
Tel.: (62) 3942-6575 / 3942-5576

Leia mais:
Alimentos orgânicos ganham espaço na mesa. Confira guia
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
  • 06.06.2014 22:26 ricardo pio teles

    Gostaria de realizar a rezerva de mesa para duas pessoas dia 12/06/2014 a noite. Tem deixar ja garatindo dois lugares para esta data.Fico no aguardo. Obrigado.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351