Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Recall

Três montadoras comunicam recall: Toyota, Mercedes-Benz e Land Rover

| 09.08.12 - 18:15
Brasília - Toyota, Mercedes-Benz e Land Rover protocolaram na Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça (Senacon/MJ) novas campanhas de recall. Na últimas semanas as empresas já haviam comunicado ao público.

De acordo com o ministério, a Toyota protocolou campanha de recall para verificação e substituição da suspensão traseira dos veículos Rav-4 fabricados entre 2005 e 2010. A campanha, que abrange 5.897 unidades do produto, teve início em 1º de agosto e engloba os veículos Rav-4 com numeração de chassi compreendida entre os intervalos JTMBD31V**5005722 a JTMBD31V**5262087, para os modelos ACA33L-ANPGK; e JTMZD31V**5164432 a JTMZD31V**5167398, para os modelos ACA38L-ANPGK.

Sobre os riscos à saúde e segurança do consumidor, o MJ relata que a Toyota informou que "o condutor do veículo que apresentar o defeito poderá ouvir um ruído anormal proveniente da parte traseira do automóvel. Em maior grau, porém com muito baixa probabilidade de ocorrer, o condutor poderá perder o controle do veículo".

Já a Mercedes-Benz realiza recall para "reparametrização" e, se necessário, a instalação de chicote elétrico adicional no chassi dos ônibus O500, fabricados entre 2010 e 2012. De acordo com a empresa, a campanha teve início em 2 de agosto e abrange os veículos com numeração de chassi entre intervalos de 9BM382189AB696646 a 9BM382188CB859221, envolvendo um total de 633 unidades.

Quanto aos riscos à saúde e segurança, a Mercedes-Benz informou ao governo que "caso o veículo esteja em aclive e seu condutor tente arrancar sem a primeira marcha engatada, pode provocar o recuo inesperado e causar acidente".

A Jaguar Land Rover protocolou que fará verificação e substituição da fixação dos cintos de segurança presentes em veículos Land Rover Defender (ano/modelo 2011). A nota do MJ relata que a campanha abrange 113 veículos Defender com numeração de chassi compreendida entre os intervalos SALLDVBS8BA40004 a SALLDVBS8BA826073, para os modelos Defender 90; SALLDKWS8BA824547 a SALLDKWS8BA825943, para os modelos Defender 130 (2 portas); e SALLDKVS8BA400013 a SALLDKVS8BA825980, para os modelos Defender 130, quatro portas. O recall da Land Rober teve início em 1º de agosto.

Quanto aos riscos à saúde e segurança, a Jaguar Land Rover Brasil destacou que "existe a possibilidade do cinto de segurança se soltar do suporte de fixação" e que, se isso acontecer, "em caso de frenagens bruscas ou colisões a funcionalidade do dispositivo estará comprometida, fazendo com que não cumpra a sua função precisa e coesa podendo ocasionar lesões ou morte em caso de acidente".

O Ministério da Justiça destaca que o Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor. Os consumidores que adquiriram veículos objeto de recall devem entrar em contato com as empresas para substituir as peças. (Agência Estado)

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351