Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

2 mil empregos

Honda inaugura obra de fábrica em Itirapina

Previsão é de fabricar 120 mil carros ao ano | 26.11.13 - 19:43 Honda inaugura obra de fábrica em Itirapina Novo FIt 2014 (acima) será produzido na nova fábrica Foto: Honda
São Paulo - Com a meta elevar sua participação no mercado nacional para 5%, a Honda Automóveis do Brasil lançou nesta terça-feira, 26, a pedra fundamental das obras de sua segunda fábrica de automóveis no País, que começa a produzir a partir de 2015 a terceira geração do compacto FIT.

A fábrica, em Itirapina, o interior de São Paulo, montará ainda os modelos City e o novo SUV compacto Vezel, lançado no Salão do Automóvel de Tóquio, duplicando a capacidade de produção nacional da marca para 240 mil carros por ano. "Produzir os outros modelos vai depender da demanda. Tanto a planta de Itirapina como a planta em Sumaré são reversíveis e podem produzir os outros modelos, conforme a necessidade", afirmou o presidente da Honda South American, Masahiro Takedagawa.

Com investimento de R$ 1 bilhão em uma área de 5,8 milhões de metros quadrados, as movimentações de terra começam nesta quarta-feira, 27. A fábrica terá capacidade para produzir 120 mil carros por ano e vai gerar 2 mil empregos diretos. Só na obra, são estimados outros 2,5 mil operários.

"Em 15 anos, com a fábrica de Sumaré, produzimos 1 milhão de veículos no Brasil. Esperamos que nos próximos cinco anos possamos produzir mais 1 milhão. Temos expectativa de um crescimento de mercado com a Copa de 2014 e com as Olimpíadas de 2016", afirmou o presidente e CEO da Honda mundial, Takanobu Ito.

O Vezel, que concorre com os modelos EcoSport, da Ford, Tracker, da Chevrolet, e o Duster, da Renault, ainda não tem data para ser lançado no Brasil. O novo FIT será apresentado em 2014 e começa a ser montado em Sumaré, mas a partir de 2015, será fabricado em Itirapina.

A Honda produz hoje no Brasil, em sua fábrica em Sumaré, o FIT e os modelos Civic e City. Com capacidade para montar 120 mil veículos ano, a unidade deve fechar 2013 com um recorde de 140 mil unidades montadas. "Há um mercado crescente no País. Contamos, como todo segmento conta, com a manutenção dos descontos de impostos", afirma o diretor-executivo da Honda Roberto Akiyama.

O governo federal estuda reduzir os descontos do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o setor a partir de 2014.(Agência Estado)

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351