Transferência de embriões  30.05.2012 12h21
Projeto de melhoramento genético de gado chega a Goiás

Parceria será firmada nesta quarta (30)

Projeto de melhoramento genético de gado chega a Goiás Seagro assina termo de parceria às 18 horas desta quarta-feira (30/5) (Foto: André Saddi)


Catherine Moraes

Um projeto de melhoramento genético de gado chega a Goiás com o intuito de aumentar a produção de carne bovina e de leite. A ideia é estimular e disseminar a utilização da transferência de embriões como técnica. A parceria será firmada nesta quarta-feira (30/5) entre o secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seagro), Antônio Flávio Camilo de Lima, o chefe da Embrapa Arroz e Feijão, Pedro Machado e o presidente da Emater, Luiz Humberto Guimarães. A solenidade está programada para às 18 horas no estande da Seagro no Parque de Exposições Agropecuário Pedro Ludovico, em Goiânia. 

A cooperação vai possibilitar a produção de embriões de gado girolando no laboratório de reprodução animal situado na Embrapa Arroz e Feijão. No local será instalado o Centro de Multiplicação Genética de Bovinos em Goiás. Exemplificando a ação pode-se dizer que, em condições normais, uma vaca que tem vida útil de oito anos pode gerar oito crias durante sua idade reprodutiva. Com a nova técnica, esse número pode aumentar para 412 embriões durante toda a vida do animal. 

O primeiro projeto, piloto, será implantado em Quirinópolis e os resultados da novidade devem ser apresentados até o mês de novembro. A estimativa da secretaria é que até o início de 2013, o projeto se estenda a outros municípios do Estado. No primeiro momento serão disponibilizados cinco mil embriões que devem ser distribuídos em 250 propriedades rurais. 

Com informações do Goiás Agora

Comente


Comentários



Publicidade