Vacilo  01.11.2011 22h39
Ladrão vai à delegacia por ‘motoclicleta perdida’ e acaba preso

Assaltante cumpre pena no regime semiaberto


Cleomar Almeida

A polícia nem precisou de muito trabalho para prender Cristiano Gomes Marques, de 24 anos. Ao tentar roubar, na tarde desta terça-feira (1/11), R$ 4 mil de um homem de 33 anos, no Residencial Green Park, em Goiânia, o suspeito se atrapalhou, deixou um revólver de calibre 38 cair e fugiu, mas a motocicleta dele ficou no local. Pouco tempo depois, ele se dirigiu à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DFRV) para reclamar a Honda CG Fan preta, e os agentes, informados da tentativa de assalto, realizaram o flagrante.

De acordo com a polícia, o suspeito chegou ao local do crime na motocicleta e abordou, por volta das 15 horas, Silvério Fernandes Costa. A vítima havia sacado o dinheiro em uma agência do Banco Itaú, no Setor Cândida de Morais, e reagiu ao receber a voz de assalto. Nesse momento, Marques ficou nervoso e perdeu o controle da arma. Todo atrapalhado, ele entrou no carro de seu comparsa – um Celta branco – e fugiu.

Ao perceber que havia esquecido a sua motocicleta no Residencial Green Park, o suspeito se dirigiu até a DFRVA, mas foi surpreendido. Os agentes da delegacia  já estavam informados sobre o caso e Marques foi preso. “Ele queria forjar um boletim de ocorrência”, disse a delegada Cássia Sertão, que determinou a prisão do suposto assaltante no 22º Distrito Policial de Goiânia.

Segundo  a delegada, a vítima e três testemunhas reconheceu Marques como o autor do crime. Ele cumpre pena no regime semiaberto por tráfico de drogas, conforme informação da polícia.

Comente


Comentários


Publicidade

Publicidade