Pela 3ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Catalão (GO)

Três homens suspeitos de assaltar ônibus morrem em tiroteio

Ônibus seguia para São Paulo


Larissa Lessa

Três homens suspeitos de assaltar um ônibus na BR-050 morreram em confronto com a polícia de Catalão (GO), a 249 quilômetros de Goiânia, na madrugada desta terça-feira (26/12). A Polícia Militar ainda procura por um quarto suspeito de participar da quadrilha, que conseguiu fugir durante a troca de tiros.

Segundo conta o capitão da PM de Catalão, André Luiz de Carvalho, os quatro homens teriam rendido o motorista do ônibus, que fazia a linha Brasília (DF) - Campinas (SP), já em Minas Gerais. Os assaltantes aproveitaram uma subida, na qual o ônibus perde velocidade, para abordar o motorista. Três deles embarcaram no ônibus e renderam os cerca de 40 passageiros. O outro dirigia um Corolla preto, carro que o ônibus seguiu até uma estrada.

Policiais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Militar de Catalão souberam do assalto por meio de uma denúncia e o carro da quadrilha foi seguido até uma fazenda próxima a Catalão. "Quando chegaram ao local, os policiais deram voz de prisão, mas foram recebidos a tiros", afirmou o capitão André Luiz de Carvalho. Três dos quatro ocupantes do carro foram mortos pelos policiais, que recuperaram pertences dos passageiros do ônibus, como joias e dinheiro. Com os suspeitos a polícia encontrou um fuzil de uso restrito das Forças Armadas, uma espingarda, dois revólveres e uma pistola.

Segundo o capitão da PM, assaltos a ônibus são recorrentes na região. Ele afirma que, desde agosto deste ano, cerca de oito assaltos foram registrados na região. "As características físicas dos homens batem com a descrição de outros crimes ocorridos anteriormente", disse.


Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:

  • Por CLAUDINEI 03.01.2012 03:23

    PARABENS A POLICIA, ISSO MESMO BALA NELES, POIS PRENDER NAO ADIANTA NOSSAS LEIS PROTEGEM MARGINAIS, OS POLICIAIS FAZEM UM BRILHANTE TRABALHO E A INJUSTIÇA SOLTA

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
(62) 9956-7336