Opinião do leitor

  • 19.12.2013 18:19

    Parabéns pela atuação.

    É estimulante acessar o Redação. Sabe-se de tudo o que se passa na nossa cidade, estado e mundo. Parabéns à equipe e muito sucesso....sempre.


    Maria Teresinha Curado de Freitas

  • 03.12.2013 00:53

    Redes Sociais estão dando o que falar.

    Como em Bela Vista de Goiás - cidade da região metropolitana de Goiânia - não tem um veículo de comunicação que tenha periodicidade ou que não seja financiado pela prefeitura, os cidadãos belavistenses utilizam das redes sociais para denunciar irregularidades que se veem necessárias em discutir. Com isso, algumas das reivindicações estão sendo atendida - é o que deixa a ser prometido que será resolvido. Contudo, tem vereador de "cabelo em pé" com ousadia e as expressões dos cidadãos. Se administração não tomar cuidado, vai se tornar uma das hashtag mais comentada do facebook.


    Camilla Soares

  • 10.07.2013 12:07

    Avenida Leste-Oeste - Trecho Jd. Novo Mundo

    Bom dia, Gostaria que fosse apurada a situação da obra da Avenida Leste-Oeste que liga os Bairros Jd. Novo Mundo e Bairro feliz, que iniciou-se em 2011, conforme link: http://www.aredacao.com.br/noticia.php?noticias=2740. Porém até hoje a obra não foi concluída, recentemente máquinas da prefeitura foram vistas no local e liberaram passagem na via sem asfalto conforme foto da reportagem, gerando muita poeira no Condomínio Metrópoles onde resido e que também aparece na foto. Tentei diversos contatos na Amob nos números (62)3524-8330/8363/8320, que por fim informou que a obra estava parada e dependia da liberação de verba do prefeito para asfaltar, o que não condiz com as máquinas no local. Obrigado.


    Leandro de Brito Silva

  • 13.06.2013 21:09

    Showmício de aniversário

    Acabo de ligar na SMT, de novo, e confirmar o que eu desconfiava. O vereador Wellington Peixoto fechou quatro cruzamentos de uma das principais avenidas no bairro onde moro sem autorização alguma sob a desculpa de comemorar seu aniversário. Agora é assim? É só chegar e pôr o caminhão fechando o trânsito e umas faixas amarelas e pronto? Político pode, é dono da rua. Pode importunar os moradores e toda a vizinhança. E o showmício tá liberado? Desde quando? E porque não foi comemorar seu aniversário na sua região? O que eu tenho a ver com isso cara pálida? Se eu não votei antes, não voto agora e ainda vou fazer campanha contra.


    Rose Mendes

  • 12.04.2013 11:38

    O calor e o sistema de ar condicionado automotivo

    Nesses últimos anos a nova forma de transmissão de calor pela mistura de elementos que possuem maior do sistema. Tem como finalidade comprimir o gás refrigerante do sistema que foi retornado na forma gasosa à baixa pressão, liberando-o na forma gasosa à alta pressão, através de pistões, palhetas ou espiral internos. A elevação da pressão é fundamental para o processo de expansão e refrigeração, e para que possa ocorrer a rejeição de calor no condensador. Impulsionado através de polias tracionado por correia pelo motor do veículo. As correias e polias no sistema de ar condicionado automotivo podem ser do tipo constituido de polias e desvio e esticadoras. Calor com transporte de energia. Convém alertar desde já que a radiação eletromagnética não é forma de energia calor em um sentido amplo, apesar de ser assim denominada em um intervalo conveniente de frequência. O efeito da refrigeração neste intervalo somente aparece quando é cruzada a fronteira de um sistema material absorvente. Quando isto ocorre há absorção de energia sendo esta energia a causa do aumento da energia interna do sistema. Por outro lado, convém lembrar que a forma de energia calor é uma forma de energia desordenada, contrário da ar condicionado automotivo que é perfeitamente ordenada. A passagem da energia e o calor através de ondas eletromagnéticas. Onde podemos também dizer que é a forma de transmissão de calor com transporte de energia. Convém alertar desde já que a radiação eletromagnética não é forma de energia calor em um sentido amplo, apesar de ser assim denominada em um intervalo conveniente de frequência. O efeito da radiação eletromagnética neste intervalo somente aparece quando é cruzada a fronteira de um sistema material absorvente. Quando isto ocorre há absorção de energia sendo esta energia a causa do aumento da energia interna do sistema. Por outro lado, convém lembrar que a forma de energia calor é uma forma de energia desordenada, contrário da radiação eletromagnética que é perfeitamente ordenada.

    Além da função de circulação do gás no interior do sistema do ar condicionado automotivo o compressor pode ser considerado o principal componente do sistema e tem como finalidade comprimir o gás refrigerante do sistema que foi renomado na forma gasosa à baixa pressão, liberando-o na forma gasosa à alta pressão, através de pistões, palhetas ou espiral internos. A elevação da pressão é fundamental para o processo de expansão e refrigeração, e para que possa ocorrer a rejeição de calor no condensador.


    GrupoK2

  • 02.04.2013 10:30

    Financiamento privado de campanhas: uma truculência social

    Há vários anos, é discutida no Congresso Nacional a tão propalada reforma política brasileira. Reforma essa que, na visão dos mais idealistas, representaria a solução precisa e imediata para um dos mais graves problemas da atualidade: a corrupção. Um dos pontos mais polêmicos desse projeto diz respeito ao financiamento das campanhas eleitorais. Ele deve ser exclusivamente público? Exclusivamente privado? Um meio-termo entre as duas opções (ou, como se diz na minha terra, “ficar em cima do muro”)? O fato é que, a cada eleição que se passa, as campanhas políticas se tornam mais caras. Milhões e milhões são gastos com material gráfico, cabos eleitorais, programas de TV, enfim. Mas... De onde sai esse dinheiro?! Do bolso dos grandes empresários, que em troca desse apoio financeiro querem do político eleito as mais variadas benesses quando este assumir a máquina pública. Esse esquema impede e inviabiliza a adesão de várias pessoas à vida pública e, consequentemente, candidaturas verdadeiramente comprometidas com o bem-estar da população. Quando isso não ocorre, os corajosos que enfrentam o poder financeiro dos grandes partidos são isolados e, até mesmo, ridicularizados pela mídia. Aqueles que por ventura representarem um real perigo ao oligopólio político, têm sua honestidade comprada e se corrompem, adotando o vale-tudo eleitoral com o único objetivo de conquistar uma confortável e rentável cadeira, no Executivo ou no Legislativo. Não podemos ver o financiamento público como um “monstro comunista”. O dinheiro destinado às campanhas não sairá das já escassas verbas da Educação ou da Saúde, mas sim, do bolso dos corruptos que há décadas assaltam a população brasileira. Nada mais, nada menos que uma relação custo-benefício. É com o financiamento público que incentivaremos pessoas de boa índole a ingressarem na vida pública, a contribuir com a sociedade. É com o financiamento público que tentaremos afastar do poder aqueles que só olham para o próprio umbigo e inflam a cada dia suas contas no banco. É com o financiamento público que as cachoeiras que inundam os órgãos públicos começarão a secar.


    Matheus Araújo Ribeiro

  • 30.03.2013 05:51

    dealsdress

    Cheap prom dresses under 50


    dealsdress

  • 12.10.2012 22:24

    GOIÁS: Suspeito de venda de armas não é oficial de Justiça

    Foi amplamente divulgado pela imprensa nacional a prisão, em Anapolis/GO, do servidor da Justiça FRANCISCO PAJEÚ DE SOUZA acusado de tráfico de armas e segundo várias reportagens o suspeito possui várias passagens pela polícia, uma delas por tentativa de homicídio. Ocorre que o servidor foi apresentado à imprensa como sendo oficial de Justiça, o que não é verdade, pois o servidor ocupa o cargo de Escrevente Judiciário III. Escrevente Judiciário é um cargo muito diferente de oficial de Justiça. Qualquer pessoa, inclusive os jornalistas, podem consultar no portal da Transparência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) e constatar que o suspeito Francisco Pajeú de Souza é Escrevente Judiciário III e se encontra lotado no Cartório Distribuidor do Fórum de Anapolis/GO. Assim, a divulgação de que o suspeito é oficial de Justiça é indevida e constrange todos os oficiais de Justiça de Goiás e do Brasil.


    Fonte: InfoJus BRASIL

  • 12.10.2012 22:23

    GOIÁS: Suspeito de venda de armas não é oficial de Justiça

    Foi amplamente divulgado pela imprensa nacional a prisão, em Anapolis/GO, do servidor da Justiça FRANCISCO PAJEÚ DE SOUZA acusado de tráfico de armas e segundo várias reportagens o suspeito possui várias passagens pela polícia, uma delas por tentativa de homicídio. Ocorre que o servidor foi apresentado à imprensa como sendo oficial de Justiça, o que não é verdade, pois o servidor ocupa o cargo de Escrevente Judiciário III. Escrevente Judiciário é um cargo muito diferente de oficial de Justiça. Qualquer pessoa, inclusive os jornalistas, podem consultar no portal da Transparência do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) e constatar que o suspeito Francisco Pajeú de Souza é Escrevente Judiciário III e se encontra lotado no Cartório Distribuidor do Fórum de Anapolis/GO. Assim, a divulgação de que o suspeito é oficial de Justiça é indevida e constrange todos os oficiais de Justiça de Goiás e do Brasil. Fonte: InfoJus BRASIL Acesse: infojusbrasil.blogspot.com.br


    DINO GOMES

  • 30.08.2012 11:25

    Marcha do toddynho.

    De fato cada um luta pelo seu próprio direito e responde pelos seus próprios interesses. Parabenizo mais uma vez o jornalista pablo kossa, não só por ter escrito um excelente texto que trás a realidade vivida pelos jovens, mas, por ter usado sua coluna para expor o que grande maioria da população queria tornar público, a indignação com relação à manifestação dos alunos do bueno. Realmente essas crianças não sabem o quanto é difícil acordar de madrugada, andar de ônibus para estudar, estudar muito, mas, não ter oportunidade, porque os alunos dos colégios do bueno vivem só para estudar e não precisam se preocupar em como vão para o colégio ou se terão dinheiro para comprar apostilas para estudar. vestibular é guerra e você precisa estar bem preparado para enfrentar os demais combatentes. Deve ser por isso que os colégios particulares tratam os pré vestibulandos como tratam. Quem nunca viu o vídeo de um diretor de um renomado colégio de goiânia falando que os alunos não são nada, colégio que os pais pagam mil reais para que seus filhos estudem. mas olha, nunca vi manifestação mais bonita, óculos prada, iphone, perfume importado, comprado na última viagem para a disney. Infelizmente a faculdade pública é realmente para aqueles que estudam em colégios caros, que freqüentam os melhores lugares e gastam mais dinheiro. Estudo em uma faculdade particular, sou presidente de centro acadêmico e acompanho a realidade dos alunos. Grande maioria dos estudantes de faculdades particulares ou trabalham para custear os estudos ou possuem bolsas de programas dos governos. São batalhadores, que estudaram em colégios públicos e não tiveram oportunidade de ingressar na ufg porque não tiveram um ensino de qualidade. não culpo os alunos que tem essa oportunidade, quem bom que tem, porque é muito difícil trabalhar o dia inteiro e ainda estudar a noite. Tenho plena consciência que a culpa é dos governantes, que não estruturam a educação brasileira de forma que torne o ensino público um ensino de qualidade. Concordo que cotas é tentar resolver uma questão tampando outra, concordo que todos têm o direito de protestar. O que não concordo e que achei de um egoísmo extremo é o fato dessa revolta criada nas redes sociais, poxa, os alunos das escolas particulares são melhores preparados e acham errado o fato de dividir vagas nas universidades com pessoas que não tem condição. Esses adolescentes estão sendo criados em um berço desigual e já estão preparados para continuar pregando a desigualdade por onde passarem. E o que me preocupa é pensar que ao invés de esperar um futuro com pessoas melhores, mais igualitário, vejo que tudo tente a piorar. O preconceito e a desigualdade, já estão sendo cultivados e nossos jovens estão espalhando isso por nossas cidades.


    Izadora milhomem.

« Anterior 1 2 3 4 Próxima »

Envia sua opnião sobre o jornal A Redação preenchendo os campos abaixo e clicando em "Enviar".