Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

1ª vez

HGG realiza captação e transplante entre pacientes vivos

Procedimentos devem durar seis horas | 09.11.15 - 14:43 HGG realiza captação e transplante entre pacientes vivos (Foto: divulgação)
A Redação

Goiânia -
O Hospital Alberto Rassi (HGG) realizará nesta terça-feira (10/11), a captação e transplante renal entre pacientes vivos. Os procedimentos contarão com a parceria da Central de Transplantes de Goiás e a previsão é que durem seis horas. O HGG é habilitado pelo Ministério da Saúde para este tipo de procedimento. Este vai ser o primeiro transplante renal intervivo de três planejados para até o final de 2015.

Com 40 anos de idade e há mais de um ano fazendo hemodiálise, o receptor do rim é o lanterneiro Jaime Medonça Vera. Três vezes por semana, Jaime sai de Trindade e vem a Goiânia  para passar pelo procedimento. Amanhã ele receberá o rim da sua irmã, Iraci Medonça Vera, 36 anos. Ele conta que adquiriu insuficiência renal após tomar vários medicamentos que comprometeram o funcionamento dos rins. “Meu sonho é sair da hemodiálise e ter uma vida normal”.
 
Desde que começou a fazer hemodiálise, Jaime não consegue trabalhar e vive para cuidar da saúde. “Chego em casa muito fraco e não consigo fazer minhas atividades. Quando soube que minha irmã era compatível, fiquei muito feliz e agora estou ansioso pelo transplante”, comemora. Os irmãos serão internados na tarde desta segunda-feira, 9 de novembro.
 
Pelo menos seis médicos do HGG e da equipe de captação da Central de Transplantes, incluindo nefrologistas, urologistas e anestesiologistas participarão das cirurgias. O nefrologista do HGG, Júlio César Soares Barreto, explica que os irmãos estão sendo preparados para o transplante há quase um ano. “Os dois passaram por uma série de exames e consultas para que pudessem estar aptos para o procedimento. Passaram por exames que detectam o funcionamento do rim, de coração, sangue, fígado, além de consultas com oftalmologista, psicólogo e até ginecologista”, afirmou.
 
Novos transplantes
O diretor técnico do HGG, Rafael Nakamura, anuncia que estão previstos mais dois transplantes renais vindos de doadores vivos ainda neste ano. “Estamos planejando que após a alta do transplantado já aconteça a internação do próximo paciente. O Hospital está preparado, juntamente com a Central de Transplantes, para que estes pacientes comecem 2016 já com uma nova vida”, explica. (Com informações da assessoria)
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351