Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Thiago Peixoto

O professor e o sucesso dos alunos goianos

Educação cresceu em qualidade | 15.10.12 - 16:25

Goiânia - A Educação em Goiás é hoje a que mais cresceu em qualidade no país. Os números do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2011 comprovam isso: o estado saiu da 16ª posição e foi para o 5º lugar no ranking nacional do Ensino Médio. Foi também o estado que teve o maior percentual de crescimento nesta etapa do ensino: 16%. Também superamos todas as metas estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC), tanto as regionais quanto as nacionais. Incluindo também a média nacional brasileira. E não se trata de um avanço isolado: 82% das nossas escolas ultrapassaram as metas que haviam sido definidas para 2011.
 
Os responsáveis pelo êxito dos nossos alunos são, sem sombra de dúvida, nossos professores. Estes profissionais – 34 mil, ao todo – são os agentes mais importantes de todas as mudanças que temos vivido no nosso sistema educacional.
 
O ensino público no estado de Goiás avançou e caminha para patamares ainda mais elevados. O que acontece nas escolas estaduais atrai o interesse dos demais estados. O Pacto pela Educação, com suas 25 diretrizes, incorporou novas estratégias e metodologias de planejamento, execução, acompanhamento e avaliação do trabalho pedagógico nas unidades educacionais. Reformulou os currículos para dar maior ênfase às disciplinas básicas e instituiu as avaliações sistemáticas para todas as etapas do ensino. Os professores mais experientes foram chamados de volta às salas de aula. Foram muitas mudanças ao mesmo tempo; grandes os desafios.
 
Os professores da rede estadual responderam a este chamado. Fizeram-se presentes no momento mais difícil de todo este processo de mudança, que foi o começo, quando a adoção de novas práticas, novos métodos e rumos diferentes significaram rupturas com modelos antigos. Mas, ao entenderem que o foco do Pacto pela Educação era o crescimento do aluno, esses profissionais abraçaram a causa e dedicaram-se com afinco.  
 
Por reconhecer a importância do professor nesse processo de transformação do ensino público no nosso estado, é que definimos como primeiro pilar do plano de reforma a valorização e o fortalecimento deste profissional. É o trabalho do professor que define a qualidade da educação. Nessa direção, o primeiro passo foi aprimorar a gestão escolar, qualificando os novos diretores.
 
Também instituímos o piso salarial para o professor, acima do piso nacional, e lançamos o Programa Reconhecer, com bonificações para os profissionais dedicados e assíduos. No ano passado, o Reconhecer pagou o bônus a 11 mil professores em sala de aula. Hoje o programa está aberto a todos os profissionais que estão diretamente ligados ao trabalho pedagógico nas escolas, podendo bonificar até 27 mil professores.
 
A criação da Escola de Formação dentro da Secretaria da Educação deu à formação continuada dos professores uma nova dimensão. Por meio dos polos da Escola de Formação, os profissionais recebem capacitação em áreas específicas, conforme a demanda da rede estadual, na própria regional de ensino. Os cursos são definidos pelo Núcleo de Orientação Pedagógico e contam com parcerias de instituições de ensino superior de Goiás e de outros estados. Entre outras capacitações, os professores vêm sendo preparados para o uso pedagógico dos resultados das avaliações de desempenho dos alunos.
 
Além das formações, os professores das escolas estaduais contam hoje com o suporte pedagógico em rede. As mudanças decorrentes do currículo por bimestre, entre outras, exigem planejamento e relatórios quinzenais que agora são feitos com acompanhamento do coordenador pedagógico da escola que, por sua vez, recebe orientação e suporte dos tutores pedagógicos. Os tutores e coordenadores tiveram seus papéis redefinidos e tornaram-se importantes elos entre a escola, as regionais de educação e a Secretaria da Educação.
 
Em todas as escolas, esse planejamento, acompanhado por professores altamente preparados para a função, começam a apresentar resultados. Os números, inclusive os do Sistema de Avaliação da Educação Goiana (Saego), instituído pela Secretaria da Educação, mostram que os estudantes estão aprendendo mais em todas as fases do ensino fundamental e também no ensino médio.
 
Na sala de aula, ou fora dela, o professor da rede estadual está ajudando o Estado a escrever uma história diferente para as nossas crianças e para os nossos jovens. Contamos com o compromisso destes profissionais para a adoção das medidas pedagógicas de alto impacto no aprendizado dos nossos alunos, no início das mudanças. Sem eles, isso não teria sido possível. Da mesma forma, eles seguem ampliando as chances de sucesso dos nossos alunos, com a mesma seriedade e a mesma determinação.
 
A esses profissionais que reformam o ensino público na rede estadual de Goiás, os nossos parabéns! 
 
Thiago Peixoto é secretário de Estado da Educação, economista e deputado federal licenciado (PSD) 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351