Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Sandra Regina Silva Santos

Do papel ao pixel

A leitura digital já é mais que uma realidade | 23.10.12 - 19:50
Goiânia - A tecnologia tem modificado o meio social proporcionando uma evolução cultural na mudança de hábitos. Usualmente as pessoas utilizam os meios eletrônicos para executarem suas tarefas. A internet é o fator principal dessa transformação que possibilita acessar informações em apenas um clique. A leitura por meios digitais é um exemplo dessa realidade. Estamos na transição do papel para o pixel.

Hoje é possível fazer leituras e pesquisas através de plataformas digitais, acessadas por aparelhos, como os tablets, computadores, celulares e outros dispositivos que comportam a digitalização. Os livros digitais, chamados de e-books, apareceram para fazer da leitura um hábito atrativo e acessível. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Pró-Livro 54% dos brasileiros gostaram muito do contato com o livro digital e já existe cerca de 10 mil títulos no país.

A popularização dos tablets e dos demais equipamentos portáteis, que permitem a leitura de qualquer lugar do mundo, facilitou o acesso aos e-books e, consequentemente, o crescimento do número de leitores.  A leitura é fundamental para nosso desenvolvimento pessoal e social, pois adquirimos conhecimento e habilidades linguísticas.  E o livro digital proporciona tudo isso e muito mais!

As bibliotecas e livrarias do mundo estão em nossas mãos, essa acessibilidade facilita e muito o contato com a leitura. A portabilidade e a interatividade são alguns dos recursos que tornam os e-books atraentes. É possível compartilhar o livro sem emprestá-lo, o incomodo com mochila pesada já não existe. Em um único dispositivo, tanto como equipamento de leitura, quanto como outras plataformas de armazenamento de dados, é possível carregar várias obras para onde quiser. Os recursos de multimídia permitem a interação através de imagens, sons e vídeos, propiciando o melhor entendimento do conteúdo.

Além disso, a tecnologia nas plataformas de leitura oferece praticidade com a possibilidade de encontrar qualquer informação presente no livro por meio do sistema de busca. Ainda podemos fazer marcações, comentários, aumentar o tamanho da letra, mudar de página através do deslize de um dedo e várias outras aplicações oferecidas pelos dispositivos eletrônicos.

E o melhor: quando não são disponibilizados de graça, o valor é menor do que o livro impresso. Com e-books não corremos o risco de encontrar a prateleira da livraria vazia, ele é acessível em qualquer lugar do mundo e gera menor impacto ambiental por meio da redução do uso do papel.

O livro digital tornou uma opção moderna, prática e atrativa para a construção do conhecimento através de um clique. É uma nova realidade que impulsionou, principalmente, as instituições de ensino em oferecer e-books como opção de leitura.

Estamos no mês que se comemora o Dia Nacional do Livro, data favorável para celebrar os avanços que a tecnologia proporciona para a expansão do hábito de ler e do conhecimento.

Comemore você também! Faça do livro uma ótima companhia. Leia!

*Sandra Regina Silva Santos é gerente acadêmica da Faculdade Estácio em Goiânia

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351