Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Purificación Martin

Novembro azul: vencendo tabus pela vida

Homens devem fazer exame de próstata | 17.11.14 - 14:05

O Novembro Azul é uma campanha solidária à prevenção e tratamento do câncer da próstata. Funciona como um alerta principalmente para os homens a partir dos 40 anos (mais ou menos). Serve como um incentivo para cuidar melhor da saúde fazendo os devidos exames periódicos indicados pelo médico especialista da área que é o urologista e, desta forma, evitar complicações futuras como o desenvolvimento de um câncer.

A próstata é um órgão masculino que produz o líquido do esperma, portanto, é um órgão reprodutor. É uma glândula do formato de uma pequena maçã, localizada na parte baixa do abdômen. Nos homens é comum a hiperplasia, que é o crescimento benigno das células prostáticas, ocasionando o aumento do seu volume, evento próprio da vida adulta. Apesar de ser uma doença benigna, requer acompanhamento médico e, por vezes, tratamento medicamentoso.

No mês passado, dedicado à mulher, vivenciamos o Outubro Rosa, que tem intenção similar de despertar a atenção sobre o diagnóstico precoce do câncer de mama. Sabe-se que a mulher é muito mais cuidadosa com a saúde e muito mais resistente à dor.

Essa é a grande diferença. O homem é dominado por um grande preconceito cultural (próprio do machismo latino) com relação ao exame de toque retal, que é um dos testes para diagnosticar a doença. O outro é o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico).

É bom destacar que um exame não anula o outro, uma vez que ambos são importantes para a avaliação. Em relação ao exame de toque retal, além da vergonha, existe o medo de sentir dor, o que é puro tabu, pois é realizado com a utilização de um gel que ameniza o contato.

Com relação ao câncer, é uma doença silenciosa que, por vezes, não manifesta sintomas ou quando aparecem se confundem com outros quadros patológicos - tais como: a retenção urinária, diabetes, doenças da uretra ou da bexiga. O exame de toque retal é o que permite fazer o diagnóstico diferencial, uma vez que, ao apalpar a região, se houver a doença a consistência do tecido é muito dura, enquanto que nas outras doenças o tecido permanece mole.

Caso apareçam sintomas urinários, a causa dessas queixas deve ser investigada e tratada em tempo hábil. Quanto mais precoce for o diagnóstico, menos perigoso será o quadro uma vez que existe o perigo de metástase, ou seja, atingir outros órgãos com as células malignas.

Os sintomas manifestados são indicativos de perturbações que formam um quadro e deve ser considerado o sinal da necessidade de se fazer uma consulta com o médico urologista. Esta atitude facilitará o diagnóstico diferencial para saber se é necessário tratamento ou não, ou apenas mudanças de hábitos.

Os sintomas podem ser os seguintes: sintomas de esvaziamento, que se manifestam pela diminuição da força e do calibre do jato, atraso no início da micção ou micção muito prolongada com esforço para urinar; sintomas de enchimento como a necessidade súbita de urinar, aumento da frequência durante o dia e principalmente a noite e, por vezes, a incontinência urinária; os sintomas pós-miccionais são provocados pela sensação de esvaziamento incompleto com gotejamento terminal. Outro sinal é o sangramento pela uretra e a dificuldade de ereção.

Por tanto, esta campanha é uma medida de prevenção e precaução contra o câncer da próstata, uma forma saudável de cuidar da qualidade de vida do homem, auxiliando, por sua vez, a ter uma consciência mais ampla a respeito da saúde desse órgão nos aspectos de prevenção, diagnóstico e tratamento.

Atenção homens: cuidem-se, pois a família e a sociedade precisam de vocês.

Purificación Martin é psicóloga, psicoterapeuta e professora do curso de Avaliação Psicológica do Ipog.
 
 
 
 
 
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351