Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Até 4 de março

Exposição em São Paulo mostra preservação do patrimônio brasileiro

São mais de 150 obras | 10.01.18 - 08:55 Exposição em São Paulo mostra preservação do patrimônio brasileiro (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
São Paulo - A Caixa Cultural, em São Paulo, recebe a partir desta quarta-feira (10/1) cerca de 150 obras, entre fotografias, aquarelas, desenhos, documentos, esculturas e azulejos, na exposição A Construção do Patrimônio. O objetivo é mostrar um panorama da história das políticas públicas de preservação no Brasil, além dos desafios que envolvem a expansão do conceito de patrimônio. Promovida pelo Instituto Pedra, a exposição fica em São Paulo até o dia 4 de março.
 
Com curadoria do ex-presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) Luiz Fernando de Almeida, a exposição faz parte da programação das comemorações dos 80 anos de criação do Iphan, a primeira instituição dedicada à preservação e à promoção do patrimônio cultural na América Latina. No acervo estão registros e obras de Tarsila do Amaral, Mário de Andrade, Lucio Costa, Marcel Gautherot, Germano Graeser, Eric Hess, Oscar Niemeyer, Pierre Verger e uma réplica de Aleijadinho.
 
“A exposição traz uma espécie de provocação sobre o que temos hoje projetado para o futuro. Reflete sobre o que aconteceu com o nosso patrimônio no intervalo entre o século 20 e hoje. Nossas noções de patrimônio, o que era considerado patrimônio. Cada vez mais, a ideia não é muito consolidada. Patrimônio é uma construção a partir dos processos que nós fizemos na contemporaneidade", disse o curador.
 
Luiz Fernando de Almeida receberá o público no dia 1º de fevereiro para uma visita guiada. Na ocasião, também será realizado um debate com a participação de Anna Beatriz Galvão, doutora em arquitetura e urbanismo pela Universidade de São Paulo.
 
“Uma exposição que fala de patrimônio é uma reflexão sobre nós e o lugar em que vivemos. Sobre nós como sociedade e como país. De certa maneira, ao falar do Brasil nos faz pensar sobre o país, sobre o que queremos projetar para o futuro como nação e coletividade", acrescentou Almeida.
 
A Caixa Cultural São Paulo fica na Praça da Sé, 111, no centro, e funciona de terça a domingo, das 9h às 19h, com entrada gratuita. (Agência Brasil)

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351