Copa Libertadores  17.05.2012 00h46
Com lance polêmico, Vasco e Corinthians ficam no 0 a 0 em São Januário

Impedimento em gol do Vasco gera reclamação


Na abertura do confronto brasileiro válido pelas quartas de final da Copa Libertadores, ficou tudo igual e não houve qualquer definição. Num jogo muito equilibrado, Vasco e Corinthians empataram por 0 a 0 na noite desta quarta-feira (16/5), no Estádio de São Januário, no Rio. Agora, os dois times voltam a se enfrentar na próxima quarta, no Pacaembu, em São Paulo, para ver quem vai à semifinal da competição continental.

O Corinthians começou jogando um pouco melhor, explorando principalmente as investidas de Emerson pelo lado esquerdo do ataque. O Vasco, porém, logo conseguiu equilibrar a partida. No geral, foi um primeiro tempo bastante igual, com muita disputa pela posse de bola, marcação forte e poucas chances de gol. Debaixo de chuva insistente, o gramado ficou prejudicado, o que também atrapalhou os jogadores dos dois lados.

Diante desse cenário, as melhores chances do primeiro tempo saíram em jogadas de bola parada. Logo aos dois minutos, Emerson bateu falta na área, Fernando Prass conseguiu afastar e Fábio Santos pegou a sobra, chutando com perigo. Já aos 37, Alex cobrou falta e exigiu difícil defesa do goleiro vascaíno. A resposta do Vasco também foi em cobrança de falta, com Juninho Pernambucano aos 41, que Cássio defendeu com segurança.

Nos acréscimos, o Corinthians teve a melhor chance para abrir o placar. Alessandro invadiu a área sozinho e chutou cruzado, mas errou a finalização. A bola passou pela área e Emerson ainda tentou aproveitar o lance para marcar, sem sucesso. Assim, depois de um primeiro tempo em que prevaleceu a forte marcação e a disputa incessante pela posse da bola, os dois times foram para o intervalo com a igualdade no placar.

No segundo tempo, o Vasco voltou melhor. Com mais espaço para atacar, passou a aproveitar a velocidade de Eder Luís. Aos quatro minutos, ele recebeu um lindo passe de Diego Souza, mas pegou fraco na bola e desperdiçou ótima chance. Depois, puxou contra-ataque aos nove e chutou cruzado para boa defesa de Cássio. A resposta corintiana veio aos 14, quando Jorge Henrique cabeceou já na pequena área e Fernando Prass fez milagre.

Gol e impedimento polêmico
O Vasco chegou a marcar o gol aos 25 minutos, com Alecsandro, mas o árbitro apontou um impedimento polêmico e anulou o lance. Logo depois, Cristóvão Borges colocou Felipe e Carlos Alberto nos lugares de Juninho Pernambucano e Diego Souza. Carlos Alberto, inclusive, teve boa chance aos 36, mas Leandro Castán salvou o Corinthians. Do outro lado, Tite trocou Alex por Douglas e Emerson por Willian. Nada disso, porém, mudou o 0 a 0.

 

FICHA TÉCNICA:

0 VASCO - Fernando Prass; Fagner, Renato Silva, Rodolfo e Thiago Feltri; Rômulo, Nilton, Juninho Pernambucano (Felipe) e Diego Souza (Carlos Alberto); Eder Luís e Alecsandro. Técnico: Cristóvão Borges.

0 CORINTHIANS - Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo (Elton) e Alex (Douglas); Emerson (Willian) e Jorge Henrique. Técnico: Tite.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio. ÁRBITRO - Sandro Meira Ricci (Fifa/DF). CARTÃO AMARELO - Juninho Pernambucano, Nilton, Alessandro e Jorge Henrique.

Comente


Comentários


Publicidade

Publicidade