Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Goiânia, Trindade e Aparecida de Goiânia

Goiás vai sediar a 65ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros

Evento vai reunir mais de 4 mil participantes | 06.10.17 - 15:06 Goiás vai sediar a 65ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (Foto: Divulgação)
A Redação
 
Goiânia - O estado de Goiás vai sediar entre os dias 18 e 29 de outubro a 65ª edição dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs). A competição, considerada a maior da América Latina em nível universitário, vai reunir 4.500 participantes dos 26 Estados e do Distrito Federal, entre delegações, árbitros, voluntários e Comitê Organizador.
 
Os atletas que vão participar das competições foram selecionados por meio das edições estaduais, que acontecem ao longo do ano e reúnem mais de 80 mil participantes. Os Jogos atuam ainda como seletiva para competições universitárias internacionais, como a Universíade, que recebe, a cada dois anos, mais de 10 mil participantes de 170 países. 
 
O evento vai contar com 20 modalidades esportivas, sendo 15 individuais e cinco coletivas. No paradesporto, serão contempladas as modalidades natação, tênis de mesa e atletismo. As praças esportivas estarão localizadas em Goiânia, Trindade e Aparecida de Goiânia.  
 
Economia
Além da prática de esportes, troca de conhecimento e intercâmbio cultural entre os atletas de diferentes regiões do país, o JUBs pretende injetar cerca de R$ 10,5 milhões na economia de Goiás. “Desse valor, dois milhões e meio de reais serão gastos pelos cerca de quatro mil estudantes universitários que vão competir no JUBs”, destacou o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), Luciano Cabral.
 
Para realizar o evento, a CBDU vai investir cerca de R$ 6 milhões na cidade, sendo 60% em hospedagem e alimentação, 25% em materiais, equipamentos e outras despesas da parte técnica e competição e 15% em RH e encargos. 
 
A contrapartida do Governo de Goiás será de R$ 2 milhões, enquanto as Federações Universitárias Estaduais/Estados desembolsarão R$ 1,5 milhão, que envolvem os gastos com ônibus, uniformes e outras despesas das delegações. “Somados os encargos financeiros, como ICMS e ISS, a cidade já arrecadará de volta, automaticamente, algo em torno de dois milhões de reais”, pontuou Luciano Cabral. 
 
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351