Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Mercado

Mitsubishi vai priorizar investimentos em Goiás

Estado vai oferecer incentivos a indústrias | 17.11.12 - 12:20
Goiás 247 - A holding da Mitsubishi Motors do Brasil vai concentrar mais investimentos em Goiás nos próximos meses. O grupo possui duas unidades industriais no Estado, a Mitsubishi em Catalão e a Suzuki em Itumbiara, que ainda está em construção. O assunto foi tratado pelo governador Marconi Perillo em encontro com a presidência da Mitsubishi em São Paulo, na última quarta-feira (14/11).

“Nós estamos concedendo incentivos e atendendo às reivindicações da empresa. E acompanhamos passo a passo o desenvolvimento dos projetos, importantes e estratégicos para a industrialização de Goiás”, afirmou Perillo. A Suzuki de Itumbiara, primeira no Brasil, deve começar a produzir veículos no próximo ano. O grupo lançou, no Salão do Automóvel no final de outubro, o 4x4 Jimmy, da Suzuki, produzido na fábrica da Mitsubishi em Catalão.

Um dos objetivos da Mitsubishi é dobrar suas vendas no Brasil até 2015 - com cerca de 50 mil carros vendidos anualmente, a meta da empresa é chegar a 100 mil unidades no ano posterior à Copa do Mundo. Para isso, a marca se apoia no investimento de R$ 1 bilhão que a matriz japonesa projetou em 2011. A fábrica de Catalão será a responsável por todo este salto de crescimento. Atualmente, a sede em Goiás - que produz a picape L200 e os SUVs Pajero TR4 e Pajero Dakar - procura aumentar ao máximo o "índice de nacionalidade" dos modelos importados para o Brasil.

E após a ampliação da fábrica e o término das obras (previstos para 2013), o próximo passo da unidade será fabricar o Lancer e o ASX e, posteriormente, a nova geração do Outlander. Ainda em São Paulo, o governador Marconi Perillo as principais lideranças da cadeia produtiva do etanol em Brasil para uma reunião com o governador Geraldo Alckmin.

Durante o encontro no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, foram discutidos estratégias e incentivos para o desenvolvimento e a competitividade do setor. Participaram do encontro representantes da Coopersúcar, Bunge, Cosan, Única e Sindicato da Indústria de Fabricação de Álcool de Goiás (Sifaeg).

Crescimento industrial
A iniciativa de Marconi Perillo em lutar para que grandes indústrias aumentem seus investimentos em Goiás encontra respaldo nos números da economia goiana. O Estado é hoje um dos que mais cresce no Brasil e desde meados do ano passado apresenta índices relevantes em crescimento industrial, geração de empregos e exportação.

Goiás detém o maior índice acumulado em 2012 no quesito produção industrial (3,6%), sendo uma das poucas Unidades da Federação com índice positivo. Números de pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostraram conta que em agosto a produção da indústria em Goiás cresceu 10,3% - acima da média nacional que foi de 1,5%. (Goiás 247)

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351