Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Indústria Automobilística

Concessionárias comemoram prorrogação de IPI reduzido

Cotril espera que vendas continuem em alta | 01.04.13 - 15:27 Concessionárias comemoram prorrogação de IPI reduzido (Foto: Adalberto Ruchelle)
Adriana Marinelli

Goiânia - A notícia de prorrogação da alíquota diferenciada do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos, até o dia 31 de dezembro, surpreendeu proprietários de concessionárias do Brasil inteiro. Em Goiás não foi diferente. O diretor comercial do Grupo Cotril, Domingos Ávila Júnior, em entrevista ao jornal A Redação, comemorou a decisão.
 
“Realmente a notícia nos surpreendeu. Isso faz com que mais clientes tenham acesso a automóveis e com um custo melhor. Acreditamos que as vendas continuarão em alta”, afirma o diretor. Ele destaca que a empresa registrou um aumento de aproximadamente 30% nas vendas no primeiro trimestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. 
 
“Com o IPI reduzido até o final do ano, o cliente terá uma bela oportunidade de fazer uma compra programada”, comenta.
 
Presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças), Paulo Butori, também comemorou a prorrogação. "Fiquei surpreso com a decisão, pois é melhor para o setor do que se o IPI fosse mais alto e deve trazer um leve aumento nas vendas", disse Butori, durante o IV Fórum da Indústria Automobilística, em São Paulo (SP).
 
Vladimir Lourenço Freitas, diretor comercial do Grupo Saga em Goiânia, também ressalta a importância da decisão para o setor automotivo. “Como as vendas não estão tão boas neste início de ano, o governo percebeu que não é um bom momento para tirar a redução do IPI".
 
“O setor recebeu uma notícia muito boa, mas acredito que as vendas não vão acelerar muito. O que vale ressaltar é que o consumidor sai ganhando um benefício em relação à compra”, conclui Vladimir.
 
Decisão
O ministro da Economia, Guido Mantega, anunciou, no sábado (30/3), que o governo manterá a redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros, caminhões e utilitários até o final de 2013.
 
De acordo com ele, a intenção do governo ao manter no atual patamar as alíquotas do IPI é a de evitar que houvesse uma queda nas vendas ao longo do ano.
 
Segundo o ministro, para manter a produção industrial crescendo, é importante o estímulo à indústria automobilística, já que ela representa cerca de 25% da produção industrial no país.

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351