Chacina  29.04.2012 19h35
PM encontra sete corpos degolados em fazenda de Doverlândia

Todas vítimas foram mortas no local


José Cácio Júnior
Atualizado às 19h43

A Polícia Millitar (PM) encontrou sete pessoas degoladas em uma fazenda em Doverlândia (GO), cerca de 413 km de Goiânia, na noite de sábado (28/4). Sem pistas do autor do crime, a PM tem apenas a informação de que uma pessoa apareceu na fazenda no sábado, em uma moto esportiva, por volta das 15 horas.
 
Segundo o sargento da PM Divino Celso Teles, as vítimas são o dono da fazenda, de 57 anos, um de seus filhos, 22 anos, um amigo do fazendeiro, 51 anos, a esposa dessa amigo, 65 anos, o filho dos dois, de 22 anos, sua mulher, 24 anos, e um vaqueiro da fazenda, 34 anos. A PM ainda não possui o nome das vítimas. "A única coisa que sabemos é que todas foram degoladas. Estamos investigamos a autoria e motivação dos crimes", explica o sargento Celso.
 
A PM foi avisada do crime às 21h30 de sábado. Segundo o sargento, o dono da fazenda e seu filho foram mortos dentro da casa principal e arrastados para o banheiro da sede. Quem cometeu os crimes tentou dificultar o trabalho da PM, trancando a porta principal da casa. Dessa forma, os policiais só conseguiram avistar os corpos pelo vidro do banheiro. 

O filho do vaqueiro, de 14 anos, foi quem avisou a PM sobre os corpos. Por volta das 18h, o adolescente estava acompanhado de um dos vizinhos da fazenda, a mulher, filho e a mulher. Eles fariam uma visita, mas estranharam o fato de as luzes da propriedade estarem desligadas.
 
O grupo então chamou o vaqueiro, que é pai do adolescente e foram para a fazenda. No entanto, foram pegos de surpresa e atacados antes de entrarem na propriedade. A testemunha foi cuidar de uns cavalos no pasto da fazenda e não acompanhou o grupo.
 
O sargento conta que o adolescente então ouviu gritos e foi avisar o cunhado do dono da fazenda sobre o desaparecimento do grupo.

Comente


Comentários


Publicidade

Publicidade