Segurança pública  14.12.2011 09h07
SSP lança Comando Especial de Divisas em cinco cidades

Desativação da POG até 2013 está prevista

SSP lança Comando Especial de Divisas em cinco cidades João Furtado Neto em entrevista coletiva (Foto: Adalberto Ruchelle)

João Gabriel de Freitas
Atualizada às 14 horas

Com apresentação programada para esta quarta-feira, o secretário Estadual de Segurança Pública (SSP-GO), João Furtado Neto, adiantou ao jornal A Redação novas ações que passam a ser implementadas ainda em dezembro em Goiás, visando conter o criminalidade. De acordo com o secretário, será criado um cinturão de defesa nas divisas do Estado, partindo inicialmente da criação do Comando de Missões Especiais em seis cidades:
Aragarças, Aruanã, Mineiros, Itajá, Aporé e Itumbiara. Até o fim de 2012, o plano estratégico prevê a criação de outras nove bases, em Porangatu, São Miguel do Araguaia, Quirinópolis, Catalão, Cristalina, Cabeceiras, Mambaí, Campos Belos e Minaçu. Em cada posto fixo atuariam nove policiais.

Conforme adianta João Furtado Neto, esses seis Batalhões de Divisas serão constituídos de tropas e viaturas especializadas, além de um sistema de monitoramento e inteligência específico no mapeamento das divisas do Estado. Em dezembro, serão postas em prática o serviço de inteligência e mapeamento, com previsão de operações de rua em janeiro. “O intuito é cercar o traficante, cercar os bandidos de outros Estados. Essas seis iniciais já estão com recursos existentes”, explica.

Também será apresentado um Decreto de Lei, encaminhado ao governador Marconi Perillo propondo uma Parceria Público Privada (PPP) para a criação de um novo complexo prisional em Aparecida de Goiânia, com capacidade inicial de 1,6 mil vagas. “A proposta é chegar posteriormente a duas mil vagas”, diz João Furtado Neto. O secretário estima que, aprovado logo, no início de 2012, a previsão de conclusão é para 2013, desativando assim a Penitenciária Odenir Guimarães (POG).    

O novo projeto é apresentado na manhã desta quarta-feira, no Centro de Convenções de Goiânia.


Comente


Comentários



Publicidade

Publicidade