Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Cartão de visitas

Brasil é 2º país do mundo onde mais se investe em estética dental

Especialistas alertam para tratamentos baratos | 04.08.17 - 11:03 Brasil é 2º país do mundo onde mais se investe em estética dental Hellen Matias (Foto: divulgação) 
A Redação
 
Goiânia
- Cada vez mais incentivados pelas celebridades, pessoas comuns buscam tratamentos estéticos para alcançar um sorriso perfeito e movimentam os consultórios odontológicos. Segundo uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE), o Brasil é o segundo país que mais investe na odontologia estética no mundo e, apesar de estar atrás apenas dos Estados Unidos, os profissionais brasileiros são vistos com destaque. Dentre os procedimentos mais procurados estão em ordem o clareamento, facetas, lentes de contato, limpeza bucal e cuidados diários.
 
O clareamento é um procedimento já conhecido que clareia os dentes com aplicações de ácidos que removem os pigmentos impregnados, deixando-os com o aspecto mais branco. A aplicação pode ser feita em consultório ou em casa, é indolor e o paciente deve apenas evitar ingerir produtos que possuem corantes, bebidas ácidas e, além disso, não fumar. No caso das lentes e das facetas, o tratamento já é um pouco mais caro e complexo, pois o resultado final depende da capacitação do profissional e sua habilidade.
 
Segundo a odontóloga e especialista em dentística, Hellen Matias, as lentes de contato são as mais procuradas no consultório atualmente. “A diferença básica entre a lente de contato e a faceta é a espessura e o preparo. A faceta requer desgaste para o preparo do dente e cobre o dente todo, já a lente exige preparo mínimo - por vezes sem preparo algum -, e cobre apenas a face frontal do dente. As lentes são uma excelente opção para harmonização do sorriso, pois possibilitam escolher nova cor e mudar o formato e tamanho dos dentes, o que não era resolvido pelo aparelho ortodôntico”, afirma ela, que também é membro das Sociedades Brasileiras de Odontologia e Estética e de Toxina Botulínica e Implantes.
 
Já a limpeza bucal no consultório é simples e garante a remoção de sujeiras que o paciente não consegue retirar com escovação, como a retirada das placas bacterianas e tártaro. Pacientes com doenças periodontais, como a gengivite, e acumulam cálculos com maior frequência, deve manter um intervalo entre as consultas ainda menor. Por fim, os cuidados diários que também somam na manutenção de um sorriso bonito. Escovação adequada e o uso do fio dental mantém a saúde gengival e dentária, mas a alimentação também influencia, pois alimentos ácidos devem ser evitados para não desgastar a estrutura dentária e excesso de corante pode deixar o dente escuro e pigmentado, sendo os principais vilões o vinho tinto, café e tabaco.
 
Porém, mesmo nos procedimentos mais simples, é muito importante buscar um profissional qualificado para melhorar o sorriso. No caso dos tratamentos mais avançados, um especialista é quem vai garantir a funcionalidade e a saúde bucal, que valem mais que qualquer fator estético.
 
“Geralmente o tratamento com um especialista será mais caro, pois esse especialista tem muito investimento em sua condição profissional, tem conhecimento da importância do uso de materiais específicos para aquele tratamento e trabalha com um protético de alto padrão. Muitas vezes o paciente procura um tratamento mais barato e acaba tendo um problema em consequência desse tratamento, que precisamos tentar resolver, quando é possível. Em alguns casos o paciente chega a perder o dente e precisa implantar e aí gastara muito mais, além de ter muitos transtornos”, finaliza a odontóloga.

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351