Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351

Qualidade de vida

Especialista ensina a como iniciar uma reeducação alimentar

Persistência é chave para manter novos hábitos | 13.01.18 - 09:27 Especialista ensina a como iniciar uma reeducação alimentar (Foto: Free Images)

 

Yuri Lopes

 

Goiânia – Se junto com as promessas de ano novo está o plano de adotar uma rotina alimentar mais equilibrada, a alternativa mais acertada e com menos riscos é conhecer os métodos para uma reeducação alimentar. O modelo é mais indicado para quem quer iniciar uma dieta por promover as mudanças de forma gradativa. 

 

É através da alimentação que doenças como diabetes, excesso de peso, problemas cardiovasculares - decorrentes em consequência de uma vida desregrada e da ingestão de bebidas nocivas ao bem-estar do corpo, podem ser evitadas ou atenuadas. 

 

A nutricionista Thais Souza, do Mundo Verde, maior rede de produtos naturais e orgânicos da América Latina, dá dicas de como iniciar uma reeducação alimentar e de como isso pode proporcionar uma melhoria na saúde e disposição. Confira:

 

1. Estabeleça metas possíveis

Modificar hábito alimentar é uma tarefa difícil então comece com alterações pequenas e vá readaptando sua alimentação. Não estabeleça metas que não conseguirá atingir, por exemplo, perder 10kg em 1 mês. Uma perda de peso rápida é prejudicial ao organismo e dificulta a manutenção do peso perdido. Procure o acompanhamento de um profissional para estabelecer suas metas individuais.

 

2. Procure incluir no cardápio frutas, verduras e legumes

Esses alimentos são fontes de fibras que ajudam a promover saciedade, reduzindo o apetite. São também fontes de vitaminas e minerais que são importantes para o bom funcionamento do organismo.

 

3. Troque os cereais refinados pelos integrais

Os cereais integrais são excelentes fontes de fibras e vão ajudar a manter a promover saciedade. Troque o arroz branco pelo integral, o pão branco pelo integral, e inclua aveia, semente de chia, semente de linhaça em seu iogurte, frutas e vitaminas.

 

4. Evite frituras, gorduras e doces

Evite alimentos que sejam muito calóricos como as frituras e os doces ricos em açúcares. Esses alimentos aumentam o risco de doenças cardíacas, obesidade, resistência à insulina e diabetes.

 

5. Coma devagar e mastigue bem os alimentos

Com a rotina corrida que levamos atualmente é comum as pessoas criarem o hábito de comer rápido, na reeducação alimentar é importante voltar a mastigar bem os alimentos. A mastigação adequada faz com que hormônios que promovem saciedade sejam liberados, assim comeremos menos e já ficaremos satisfeitos.

 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351