Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

Talles Barreto

O País não pode esperar mais

| 07.04.16 - 18:28

Goiânia - Nessa semana o país deu um grande passo para o Impeachment da presidente Dilma. As vozes de milhares de pessoas que foram as ruas e pediram pela justiça, clamaram por representação e por dias melhores, foram ouvidas. Me orgulho em dizer que um parlamentar goiano foi o responsável por esse alvor na política brasileira. 
 
O deputado federal Jovair Arantes, com sua experiência, demonstrou que independente da atual articulação política, a vontade do brasileiro prevaleceu. O pedido de impeachment que começou nas ruas, hoje é uma realidade em Brasília.
 
O parlamentar realizou um relatório extremamente constitucional e embasado, demonstrando todo o seu conhecimento e senso de justiça. Em sua leitura de mais de cerca de 5 horas, já com a voz rouca e diante das diversas manifestações dos presentes, não se deixou abater. Manteve a sua postura e a sua convicção, certo de seu dever com o brasileiro e em especial com o povo de Goiás. Escreveu mais uma vez, seu nome na história do país, assim como reescreveu a própria história. Jovair sabiamente estreitou a relação  entre representante e representado. 
 
Cansado da enxurrada de notícias sobre a Lava Jato, Mensalão, a paralisia que tomou o País, o rápido crescimento do desemprego, que chegou a 9,5% em janeiro de 2016, o povo foi às ruas. 
 
O Brasil sofre com o retorno da inflação, a crescente dívida pública, a confiança dos investidores e consumidores em queda, a perda do grau de investimento e a elevação da taxa de juros. Mesmo que não entendam a fundo o quão prejudicial tal algazarra foi para o nosso país, o povo brasileiro entendeu que não era mais possível continuar da mesma forma.  Além disso, é notória a falência dos serviços públicos, com a degradação nas áreas de saúde, educação, segurança, dentre outros. É inegável que o país precisa de novos rumos, novos caminhos e o principal: um novo gestor público. Precisamos de uma solução rápida e que seja eficaz a toda população.
 
Porém, me entristeço ao ver a palavra democracia ser escarrada pela boca de defensores do atual governo. De origem grega a palavra “democracia” vem de DEMOKRATIA .Tem em sua base duas palavras gregas: DEMOS, que significa “povo” e KRATOS “Domínio, poder”, o que nos traz o significado de “poder do povo” ou “governo do povo”. 
 
A corrupção não se dá somente quando há aquisição financeira, mas quando apodrece toda a cesta da boa convivência. Não é possível esperar que a democracia se estabeleça com a ausência das pessoas. Quando se desanimam se afastam cada vez mais, e acredito nas sábias palavras de Philippe Destouches: “Os ausentes nunca tem razão”.  A coisa pública não é aquilo que não é de ninguém, é aquilo que é de todos. 
 
Diante de tais motivos, como não acreditar e pleitear que o país necessita do afastamento da atual presidente? Não tenho dúvidas de que a decisão de Jovair foi centrada e acertada a respeito do que o Brasil precisa para ontem. Não podemos esperar mais, até porque, não há o que se esperar. 


*Talles Barreto é deputado estadual pelo PSDB. 
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
  • 08.04.2016 09:17 JOSAFÁ CAVALCANTE

    O clamor por “ética na política” se faz ouvir em toda parte. Parlamentares como o Deputado Jovair Arantes e Vossa Excelência enaltece a política goiana.

Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351