Pela 5ª vez o mais influente da web em Goiás. Confira nossos prêmios.

ANDRÉ ALMEIDA CARRAZZONE

Rogue One: Uma história Star Wars

| 06.06.16 - 19:13 Rogue One: Uma história Star Wars .Goiânia O próximo filme da saga Star Wars não será bem um filme pertencente à história principal, e sim uma antologia, chamada de Rogue One. A história desde seu conto original, que agora faz parte do conteúdo “Legends” (não se encaixa na história planejada pela Disney/Lucasfilm), contava sobre um esquadrão rebelde que roubava os planos da Primeira Estrela da Morte, o que garantiu a vitória dos rebeldes em Uma Nova Esperança, antes que o planeta Yavin IV (onde se encontrava a principal base rebelde) fosse destruído.
 

 
O princípio do objetivo e o resultado não foram alterados, mas desta vez veremos uma nova história e com novos personagens, como: Jyn Erso (Felicity Jones), Cassian Andor (Diego Luna), Diretor Krennic (Bem Mendelsohn), Chirrut (Donnie Yen) e vários outros. O filme será dirigido por Gareth Edwards (Diretor de filmes como “Godzilla-2014”) e desta vez não teremos mais a música de John Williams, substituído por Alexandre Desplat (Compositor de filmes como “O Grande Hotel de Budapeste” e “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1”).
 
A história se passa pouco tempo antes de Star Wars IV- Uma Nova Esperança, o que também pode contribuir para trazer velhas memórias dos filmes originais. Jyn Erso (A principal personagem) é (provavelmente) enviada por Mon Mothma (Líder rebelde) para capturar os planos da nova estação bélica do império: A Estrela da Morte. Ela deverá contar com a ajuda de outros companheiros para escapar dos antagonistas principais: Diretor Krennic e até Darth Vader (que não poderia fazer falta). Em Rogue One, serão introduzidos novos veículos como o AT- ACT (variação do AT- AT), o Tie Striker, um Starfighter rebelde totalmente novo e um tanque imperial nunca visto antes, além de incríveis variações de troopers imperiais como os Death Troopers, Shore Troopers e os “Tank Pilots” (os pilotos dos tanques com nome ainda indefinido). 
 
Recentemente, houve diversos boatos de que o filme talvez estivesse regravando 40% de suas cenas por ordem da Disney. Outras fontes indicam que a Disney pode ter feito isso pois achou o filme com um tom muito sombrio e tenebroso para uma franquia como Star Wars, e não poderiam estragar os filmes com coisas assim. Aparentemente nada foi comentado ou declarado à respeito disso. Mas felizmente a data de estreia do filme permanece agendada para dia 16 de dezembro, mesmo dia do lançamento do dicionário visual do filme. Todos estão muito ansiosos e, pelo que tudo indica, o filme tem chances de ser incrível. Como diria Lord Vader: “A força é forte com ele”.
 

Comentários

Clique aqui para comentar
Nome: E-mail: Mensagem:
Envie sua sugestão de pauta, foto e vídeo
62 9.9850 - 6351